Até 2021, vendas via internet devem dobrar

Com a entrada de novos consumidores, o número de e-shoppers no Brasil passará a ser de 67,4 milhões.

Até 2021, vendas via internet devem dobrar

De acordo com uma pesquisa realizada em parceria pelo Google e a empresa Forrester Research, o comércio eletrônico deverá se tornar ainda mais importante nos próximos anos no Brasil. Os dados sugerem que as vendas digitais no varejo devem dobrar ao longo dos cinco anos.


Cada vez mais brasileiros estão fazendo compras através da interner. A expectativa é que daqui cinco anos vendas online devam dobrar.

O estudo diz que o e-commerce irá crescer em média 12,4% por ano até 2021. Categorias como eletrodomésticos, roupas e livros, devem crescer acima dessa porcentagem. Além disso, o levantamento prevê que para os próximos anos 27 milhões de brasileiros irão realizar a sua primeira compra pela internet.


Daqui alguns anos, smartphones serão os dispositivos mais usados para compras online.

Com a entrada de novos consumidores, o número de e-shoppers no Brasil passará a ser de 67,4 milhões. Com esses novos clientes, novas categorias de produtos deverão surgir, como a de alimentos e cosméticos, que devem assumir maior participação das vendas.

A pesquisa revelou ainda que até o final de 2016, 19% das vendas online deverão acontecer através de smartphones ou tablets. Já em 2021, a expectativa é que tal índice suba para 41%. Atualmente, 30% dos internautas acessam a internet exclusivamente de aparelhos móveis, diz o estudo.

Para a pesquisa, 4500 brasileiros com idades entre 16 e 75 anos responderam a pesquisa entre os dias 14 e 22 de março. Os dados da pesquisa ressaltaram ainda a importância que o comércio móvel deverá ter futuro. 

Review Notebook ASUS Zenbook 14 UX435: Duas telas, bateria top e muito bonito

O Zenbook 14 versão UX435E, acabou de ser lançado e, sim, a ASUS já nos enviou. Testei ele pelas últimas semanas trabalhando diretamente, minha vontade de mostrar essa segunda tela era tanta, mas não podia. Olha só que animal, o touchpad vira uma tela secundária, totalmente personalizável e útil. Vem ver o que o Zenbook 14 de 2021 tem para te oferecer, o que ele traz de novidades e claro, se vale a pena pagar o preço.

Conteúdo relacionado

Motorola Moto G60 é bom em jogos? - Roda Liso
Roda Liso

Motorola Moto G60 é bom em jogos? - Roda Liso

Analisamos o novo MOTO G60 em onze diferentes jogos de Play Store, dentre eles, Free Fire, Fortnite, PUBG, Call of Duty Mobile, Genshin Impact e outros. Como é jogar com o Moto G60?

Marketing Digital: Hoje é o momento certo para lançar um programa de fidelidade no seu ecommerce
Mercado Tech

Marketing Digital: Hoje é o momento certo para lançar um programa de fidelidade no seu ecommerce

Neste cenário atual, no processo de como montar uma loja virtual acaba por tornar-se importante uma ação que às vezes é até esquecida por muitas empresas: um programa de fidelidade bem definido.

Mercado Livre e Itaú lançam cartão de crédito sem anuidade e com cashback
Tecnologia

Mercado Livre e Itaú lançam cartão de crédito sem anuidade e com cashback

O Mercado Livre (ML) está cada vez mais ganancioso, aumentou suas taxas cobradas pelas vendas e agora quer concorrer com os bancos digitais como, por exemplo, o Nubank. Em parceria com o grupo Itaú Unibanco, o e-commerce criou o seu próprio cartão.

Amazon pode fazer parceria com Azul e entregar produtos no Brasil
Amazon

Amazon pode fazer parceria com Azul e entregar produtos no Brasil

O Brasil é um país bastante extenso, por essa razão, a logística das entregas acaba sendo dificultada, além claro, da falta de infraestrutura, que dificulta qualquer entrega.

Amazon pode comprar grandes varejistas brasileiras
Amazon

Amazon pode comprar grandes varejistas brasileiras

A Via varejo é parte do Grupo Pão de Açúcar, que, por sua vez, é controlado pelo conglomerado francês Casino.

Mercado Livre anuncia mudanças nos custos de envio após relatar perdas por Correios
Correios

Mercado Livre anuncia mudanças nos custos de envio após relatar perdas por Correios

Todos os vendedores do Mercado Livre terão que enviar os seus produtos baseados nos valores reajustados.