Oficina da Net Logo

Zuckerberg exibe Facebook em realidade virtual

Zuckerberg mostrou ao público presente no evento um protótipo de uma rede social que funciona em realidade virtual com o Rift.

Por | @oficinadanet Redes sociais Pular para comentários

Em um evento realizado na quinta-feira (6), Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, mostrou os seus planos para o Oculus Rift, visor de realidade virtual que a empresa adquiriu ainda em 2014.

No futuro, redes sociais como conhecemos hoje poderão estar totalmente remodeladas. Os usuários se transformarão em avatares e poderão percorrer o mundo para se encontrarem com os amigos, tudo de forma virtual, claro.
No futuro, redes sociais como conhecemos hoje poderão estar totalmente remodeladas. Os usuários se transformarão em avatares e poderão percorrer o mundo para se encontrarem com os amigos, tudo de forma virtual, claro.

Em uma demonstração exibida ao vivo, Zuckerberg mostrou ao público presente no evento um protótipo de uma rede social que funciona em realidade virtual com o Rift. No aplicativo, os usuários podem criar os seus próprios avatares e com isso, interagir com os amigos em qualquer local do mundo, como se eles realmente estivessem juntos. Leia em destaque: O #10YearsChallenge é treta?.

“Aquilo no qual vou focar-me hoje é a próxima etapa da realidade virtual: experiências de software. A magia do software de realidade virtual é o sentimento de presença, de que és outra pessoa ou de que estás noutro sítio”, explicou  Zuckerberg.

“A realidade virtual é a plataforma para colocar as pessoas em primeiro lugar”.

No espaço virtual, os participantes podem se ver e ouvir, bem como realizar várias atividades, como jogar xadrez, cartas e até ir para o fundo do mar. Os usuários podem também atender chamadas em vídeo dentro do próprio ambiente, e ainda tirar fotos.

O Rift consegue, inclusive, identificar as expressões do rosto dos usuários para poder reproduzi-lo no avatar, e até criar objetos baseados em desenhos feitos a mão. O conceito, claro, atualmente parece meio confuso, mas não deixa de ser interessante.

Ainda não há uma data para o lançamento ou mesmo qualquer nova informação sobre o aplicativo.

Comentários
Carregar comentários