Mais de 200 mil brasileiros já caíram no golpe do WhatsApp

Esse tipo de golpe pode comprometer os dados pessoais do telefone do usuário e ainda cadastrá-lo em serviços de mensagens pagas.

Por | @RafaelaPozzebon Redes sociais

O popular mensageiro costuma ser usado para disseminar golpes virtuais. Possivelmente, muitas pessoas já receberam alguma mensagem afirmando que o serviço está implementando o recurso de videochamadas. Porém, para ativá-lo seria necessário acessar um link específico e atualizar o aplicativo.

Mais de 200 mil brasileiros já caíram no golpe do WhatsApp

Leia também:

A mensagem, como muitos devem ter percebido, é golpe, e infelizmente, mais de 200 mil brasileiros já foram enganados. O número pode ser maior ainda, já que os dados são referentes somente aos últimos sete dias, disse a PSafe, empresa de segurança digital responsável pelo levantamento.

Mais de 200 mil brasileiros já caíram no golpe do WhatsAppgolpe após receberem as contas ou mesmo perceberem o sumiço de seus créditos." />
Usuários só percebem o golpe após receberem as contas ou mesmo notarem o sumiço de seus créditos.

Esse tipo de golpe pode comprometer os dados pessoais do telefone do usuário e ainda cadastrá-lo em serviços de mensagens pagas. A vítima, no geral, só percebe o golpe quando recebe a conta ou mesmo percebe que seus créditos sumiram.

O modo mais simples para se proteger de tais golpes é não clicar em links suspeitos, mesmo que eles sejam enviados por amigos. O WhatsApp não costuma enviar suas atualizações através de mensagens. Os updates ocorrem somente através do Google Play e App Store.

Além disso, é recomendado ter um bom antivírus instalado no smartphone, que pode identificar uma página maliciosa e alerta o usuário sobre um possível golpe.

Mais sobre: whatsapp, golpe, smartphone
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários