5 motivos para você assistir Capitão América: Guerra Civil

Nós já assistimos e podemos dar a dica: Corre logo para o cinema que este é mais um blockbuster de sucesso!

Por | @grasiel_grasel Cinema

Só mais um filme da Marvel? Absolutamente não, este é sim, mais um filme dela, mas é o que todos estavamos esperando para ver, com personagens que esperavamos ver e com um clima tenso de conflito que foi muito melhor desenvolvido do que o esperado. Capitão América: Guerra Civil já está nos cinemas de todo o Brasil, e é claro que já assistimos, única e exclusivamente para te contar cinco motivos para que sim, você deve correr até o cinema na primeira sessão que conseguir.

UFA, ESTE POST É LIVRE DE SPOILERS!

A união de mais personagens do universo cinematográfico da Marvel

Assim como já sabíamos que aconteceria, novos personagens se juntaram aos Vingadores, embora que divididos, mas ainda assim muito bem apresentados e com um propósito muito bem desenvolvido. Agora, Pantera Negra, Homem Formiga e Homem Aranha fazem parte desta equipe que já salvou e ainda vai salvar por muitas vezes o nosso mundo, bom, pelo menos no cinema...

Mesmo que os novos personagens tenham sido introduzidos rapidamente, você consegue perceber de cara o motivo de estarem ali, vide Homem Formiga que foi chamado única e exclusivamente pelo único vingador que o conhecia, mas que sabia do seu potencial, o Falcão. É provável que veremos mais sobre os motivos que levaram Pantera Negra e Homem Aranha a se envolverem com os Vingadores em seus próprios filmes, que estarão chegando ao cinema em 2017 e 2018.

O clima de conflito muito bem adaptado dos quadrinhos

Não seria uma novidade se os motivos e situações que levaram à Guerra Civil nas HQs da Marvel fossem quase que completamente mudados para a adaptação do universo cinematográfico da editora, afinal, seria praticamente impossível reunir os milhares de personagens que participaram dos conflitos que ocorreram nos quadrinhos, e uma quantidade considerável deles teve grande importância para o desenrolar da história, no entanto, os irmãos Russo souberam muito bem traduzir a obra original às as telonas.

O motivo para o início dos conflitos vai muito além do Tratado de Varsóvia (um documento que visava controlar as ações dos Vingadores e ter os seus nomes registrados), diretores e roteiristas souberam utilizar ambos os estopins para convergir os interesses dos personagens e finalmente iniciar uma verdadeira guerra entre eles, e ainda assim fazer todos trabalharem juntos no fim das contas.

Cenas de ação que só a Marvel sabe fazer

É praticamente impossível não fazer uma cara de surpresa a cada nova cena de combate em Guerra Civil, é praticamente inexplicável a inovação das coreografias que vemos a cada novo filme, sempre existe algum novo golpe ou algum trabalho em conjunto que os personagens são capazes de desenvolver para derrotarem um inimigo, mesmo que, como neste caso, ele também seja seu amigo.

Os “novatos” do MCU, Pantera Negra e Homem Aranha, são os que mais chamam a atenção: O rei de Wakanda, extremante rápido e muito ágil desfere golpes tão incríveis que o público raramente consegue segurar a expressão de empolgação. Já o cabeça de teia, ele é um herói até melhor que todos esperávamos, em uma versão mais jovem, que faz várias acrobacias com suas teias e as usa muito bem para neutralizar seus inimigos. Não que eu seja um fã do personagem, mas foi difícil me manter sentado na cadeira do cinema sempre que ele estava em combate.

Não apenas o Homem Aranha, mas cenas de luta com ele

O maior medo dos fãs de Peter Parker era ver o personagem sendo pouco utilizado, ou então ele aparecendo apenas como um teaser para o seu filme em 2017, mas não se preocupe, temos Homem Aranha o suficiente no longa.

Mesmo que não tenha acompanhado todo o desenvolvimento da história, Parker foi um braço forte para o time de Tony Stark, afinal, um adolescente que recebeu seus poderes a 6 meses atrás conseguir segurar Soldado Invernal e Falcão juntos em um combate é um feito um tanto quanto interessante para o novato.

Ter gostado da aparição do cabeça de teia vai além do fato deste, finalmente, ser um filme com a presença do personagem no qual a Sony Pictures não está envolvida, mas sim por ele ter cenas de combate excelentes, ser o personagem engraçado que queríamos e, principalmente, por ele finalmente estar se juntando aos Vingadores.

Preparação para os próximos filmes da MCU

Por mais uma vez, roteiristas e diretores souberam trabalhar muito bem para ligar e também preparar o universo para Guerra Civil, vemos personagens de filmes anteriores sendo ligados à história principal, que de fato são os longas dos Vingadores, e os acontecimentos convergindo cada vez mais para o desfecho de toda essa saga: O aparecimento de Thanos e o início da Guerra Infinita.

Ver um grande personagem como o rei de Wakanda sendo finalmente apresentado e tendo o seu próprio filme garantido é uma felicidade que só um verdadeiro fã saberia descrever, assim como ver que finalmente teremos um longa do “Amigão da Vizinhança” feito única e exclusivamente pela Marvel é algo praticamente inexplicável, ainda mais se você faz parte do seleto grupo que nunca conseguiu gostar de um filme do Homem Aranha, mesmo amando o personagem com todas as suas forças.

Se você é mais um grande fã da Marvel e gosta de ver a maneira como cada novo longa prepara o cenário para o acontecimento dos próximos filmes do MCU, não perca tempo, este é mais um filme feito pensando em você.

E aí, você vai assistir Capitão América: Guerra Civil? Já assistiu? Conta para nós nos comentários! ;)

Mais sobre: Guerracivil Marvel Vingadores
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Destaquesver tudo

Siga nossas contas no Twitter