Ordem judicial obriga YouTube remover vídeo de Nissim Ourfali

Em pouco tempo, o vídeo atingiu 3 milhões de visualizações e acabou gerando inúmeros comentários, bem como algumas paródias.

Por | @RafaelaPozzebon Redes sociais

Muitas pessoas já devem ter visto o garoto Nissim Ourfali na web. Porém, o vídeo em que ele aparece cantando sobre a sua família, gostos pessoais e ainda cita a Praia da Baleira, deverá sair do ar, já que a justiça de São Paulo determinou que o YouTube remova a sua aparição.

O vídeo foi feito em 2012 e publicado pelo pai do menino. O vídeo era para ser privado, e aparecer somente para o Bar Mitzvah do jovem, porém, acabou viralizando na web, já que ele foi marcado como público no YouTube.

Em pouco tempo, o vídeo atingiu 3 milhões de visualizações e acabou gerando inúmeros comentários, bem como algumas paródias.

Ordem judicial obriga YouTube remover vídeo de Nissim Ourfali
Vídeo viralizou na internet. Família quer retirar conteúdo do ar.

O processo tramita sobre segredo de justiça e ainda cabe recurso. Até então, a batalha judicial já deu ganho de causa tanto para a empresa como também para a família de Ourfali. A solicitação é que todos os conteúdos com voz, imagem ou mesmo o nome de Nissim Ourfali sejam apagados.

Os vídeos de Nissim Ourfali ainda continuam no ar no YouTube. Nos comentários é possível ver várias versões. Caso o Google perca o processo, os internautas disseram que possuem cópias e que estas serão publicadas.

Em nota, o Google afirmou que vai recorrer. "O Google entende que a decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo não observou a jurisprudência pacífica do STJ sobre a matéria, que reconhece a necessidade de indicação das URLs específicas do conteúdo para que seja possível fazer a remoção. O Tribunal também não aplicou o Marco Civil da Internet, que é o marco legal da matéria e também determina a indicação precisa da URL para permitir a remoção. Em razão disso, o Google recorrerá da decisão", diz a empresa.

Mais sobre: youtube, video, internet
Share Tweet
DESTAQUESRecomendado
Mais compartilhados
Comentários