Oficina da Net Logo

Criminosos aproveitam da criptografia do iPhone para esconder informações

A Apple precisa a qualquer custo defender as informações de seus usuários para que não sejam vítimas de ataques.

Por | @oficinadanet Tecnologia

Conforme temos acompanhado, a Apple acabou parando mais uma vez nos tribunais em razão da criptografia empregada em seus aparelhos. O FBI, em uma tentativa de descobrir mais informações sobre o caso de San Bernadino, solicitou o desbloqueio do iPhone 5.

No entanto, em um artigo para o Washington Post, o vice-presidente de engenharia de software da Apple, Craig Federighi, disse que os argumentos do FBI na tentativa de desbloquear o aparelho acabam não levando em consideração a necessidade de inovação das empresas.

Criminosos aproveitam da criptografia do iPhone para esconder informações
Criptografia do iPhone preserva todas as informações dos usuários.

Leia também:

O executivo disse que a s sua “equipe deve trabalhar incansavelmente para ficar um passo à frente dos hackers criminosos”. Assim sendo, a empresa precisa a qualquer custo defender as informações de seus usuários para que não sejam vítimas de ataques.

“É tão decepcionante que o FBI, o Departamento de Justiça e outros na aplicação das leis estão nos pressionando para voltar no tempo para um ponto menos seguro com tecnologias menos seguras. Eles sugeriram que os bloqueios do iOS 7 eram bons o suficiente e que devemos simplesmente voltar para as regras de segurança de 2013. Mas a segurança do iOS 7, enquanto era de ponta na época, já foi violada por hackers”, disse o executivo.

Federigui explica ainda no artigo, que até mesmo os engenheiros da Apple podem cometer erros ao escrever os códigos, e assim, deixando pontos em aberto que podem ser explorados. Conforme ele, “identificar e corrigir estes problemas são partes fundamentais” da Maçã para poder “manter os clientes seguros. Fazendo nada para dificultar isto, estaríamos cometendo um erro grande”.

COMPARTILHE
Siga no instagramHistórias DigitaisComparador de SmartphonesLançamentos da Netflix
Comentários
Carregar comentários