Tinder possui ranking que define quão desejado é um perfil

Conforme uma matéria publicada no site americano Fast Company, o Tinder conta com um sistema de ranking que define o quão desejável é um determinado perfil.

Por | @oficinadanet Smartphones

Quem possui um perfil no Tinder conhece bem o seu funcionamento. Assim, quando um determinado perfil surge, se curtir, basta deslizar para a direita, se não, para a esquerda. Caso as duas pessoas sinalizarem que gostaram do que viram, elas são notificadas e com isso a troca de mensagens fica liberada. O entendimento entre levar um fora e ser aceito é um fato que fica somente dentro do aplicativo. Ao menos é o que todos pensam.

Conforme uma matéria publicada no site americano Fast Company, o Tinder conta com um sistema de ranking que define o quão desejável é um determinado perfil. Assim, cada pessoa possui uma nota que é alterada cada vez que recebe um match ou mesmo é dispensado. Com isso, esse número acaba definindo quem aparece, ou não, entre os possíveis pretendentes.

Tinder possui ranking que define quão desejado é um perfil

Leia também:

Pontuação de elo, como é denominado, o sistema é bastante complexo. Sean Rad, diretor do Tinder, disse que cerca de dois meses foram necessários para criar o algoritmo do ranking. A nota, conforme o aplicativo, não está ligado somente à beleza.

Toda vez que você desliza para um lado, é uma forma de voto: eu acho essa pessoa mais desejável do que outra, independentemente de sua motivação. Talvez seja sua atratividade, talvez por que tenha um perfil muito legal”, afirma Chris Dumler, analista de dados do aplicativo.

Além disso, outro fator que impulsiona a nota é dar um match com alguém que possua nota alta, explicou  Jonathan Badeen, vice presidente do Tinder.

“As pessoas se dividem muito, mesmo na questão fotográfica: Alguns realmente gostam de barbas, outros não. A mesma coisa em relação à tatuagens, fotos com animais ou crianças, ou suas fotografias com um tigre”, afirma Tor Solli-Nowlan, engenheiro de dados da empresa, explicando que as notas também estão baseadas nos gostos pessoais.

O Tinder já foi notícia esta semana em relação à algumas denúncias no Reino Unido. Confira!

Mais sobre: tinder aplicativo perfil
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo