Microsoft alerta sobre risco de manter o Windows 7

Apesar de ainda ser o preferido por muitos usuários, manter o Windows 7 não é uma boa escolha.

Por | @RafaelaPozzebon Tecnologia

O Windows 10, de acordo levantamento do NetMarketShare, já está sendo usado em 9,96% dos computadores,  ou seja, em 200 milhões de máquinas. Porém, quem ainda reina no mundo dos sistemas ainda é o Windows 7, que possui uma fatia generosa de 55,68%.

Apesar de ainda ser o preferido por muitos usuários, manter o Windows 7 não é uma boa escolha. A declaração foi feita por Chris Capossela, chefe de marketing da Microsoft.

Microsoft alerta sobre risco de manter o Windows 7
Manter o Windows 7 pode ser arriscado aos usuários, declarou executivo da Microsoft.                          

 

Leia também:

“Nós nos preocupamos quando as pessoas usam um sistema operacional que tem dez anos de idade, que pode dar problemas com a próxima impressora ou jogo que eles comprarem, que não funcionam em máquinas antigas”, justifica.

Capossela, durante o podcast Windows Weekly, disse que o melhor para os usuários do Windows 7 é a atualização para o Windows 10. Assim, caso alguém opte por manter a versão mais antiga, que faça isso “por sua conta e risco”.

"Eu acho que, se existem máquinas capazes de rodar o Windows 10, deveríamos fazer tudo que é possível para essas pessoas irem para o sistema operacional mais novo... Nós vamos buscar o equilíbrio, mas também sabemos que há muitas pessoas por aí que não vão se mexer se não dermos um pequeno empurrão", disse Capossela.

Além disso, o chefe de marketing disse que é impossível conseguir mover uma grande base de usuários sem que alguns fiquem irritados.

"Mas sentimos uma responsabilidade de colocar os usuários em um lugar muito melhor, e o Windows 10 é um lugar muito melhor do que o Windows 7".

Mais sobre: microsoft, windows, sistema
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.