Bloqueio do WhatsApp: Zuckerberg lamenta pelo Brasil

Bloqueio do WhatsApp pegou muita gente de surpresa. De acordo com decisão judicial, o WhatsApp sairia do ar a partir da zero hora de quinta-feira.

Por | @oficinadanet Tecnologia

Nesta quinta-feira (17), Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, disse através de nota que hoje é "um dia triste para o país". O texto foi publicado na sua conta na rede social. Vale notar que o Facebook revelou a compra do WhatsApp em fevereiro de 2014, em uma transação de US$ 22 bilhões. 

Veja como desbloquear o WhatsApp.

Os usuários do WhatsApp no Brasil receberam uma mensagem do Facebook:  "Estamos trabalhando para restaurar o WhatsApp. Enquanto isso, use o Messenger".

Bloqueio do WhatsApp: Zuckerberg lamenta pelo Brasil

Leia também:

De acordo com decisão judicial, o WhatsApp sairia do ar a partir da zero hora de quinta-feira, no entanto, alguns usuários relataram que a partir de 23h30 o aplicativo começou a falhar.

As operadoras de celular foram intimadas pela justiça a bloquear o serviço de aplicativo de mensagem em todo o Brasil por 48 horas, a partir da 0h desta quinta-feira.

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) afirma que a decisão partiu da 1ª Vara Criminal de São Bernardo do Campo, no ABC paulista, e corre em segredo de justiça em uma ação criminal.

De acordo com o TJ-SP, o WhatsApp não atendeu a uma determinação judicial de 23 de julho de 2015. Sendo que a empresa foi notificada mais uma vez em 7 de agosto, com multa fixada caso descumprisse a decisão.

Conforme o TJ-SP,  "o Ministério Público requereu o bloqueio dos serviços pelo prazo de 48 horas, com base na lei do Marco Civil da internet", após o descumprimento da decisão.

Leia a mensagem de Mark Zuckerberg sobre o bloqueio do WhatsApp:

Bloqueio do WhatsApp: Zuckerberg lamenta pelo Brasil

Mais sobre: whatsapp brasil facebook
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo