Oficina da Net Logo

Antivírus deixa vazar dados de 13 milhões de usuários do Mac

Os dados que foram expostos incluem nomes, endereços de e-mail, nomes de usuários, senhas, números de telefone, entre outros.

Por | @oficinadanet Tecnologia Pular para comentários

O antivírus MacKeeper, próprio para computadores com o sistema Mac OS, acabou vazando detalhes de mais de 13 milhões de usuários, revelou o pesquisador Chris Vickery. Ele encontrou uma seção do site da MacKeeper que, ao ser acessado mesmo sem senha ou nome de usuário, permite que detalhes de contas dos usuários sejam revelados.

Milhares de <a onclick=dados ficaram visíveis em site da MacKeeper, programa de antivírus para o Mac." />
Milhares de dados ficaram visíveis em site da MacKeeper, programa de antivírus para o Mac.

Leia também:

Leia em destaque: As tecnologias que morreram em 2018.

Os dados que foram expostos incluem nomes, endereços de e-mail, nomes de usuários, senhas, números de telefone, entre outras. Vickery descobriu ainda que as senhas armazenadas pelo MacKeeper não são seguras. Mesmo que elas estejam protegidas por um “hash”, ou seja, algoritmo que abriga textos simples e os transforma em algo que somente o computador pode ler, o pesquisador diz que a técnica usada pela companhia está defasada.

Uma publicação foi feita pela equipe do Mackeeper para expor os detalhes para resolver a questão: "Análise do nosso sistema de armazenamento de dados mostra que somente um indivíduo obteve acesso, o que foi obtido pelo próprio pesquisador de segurança", afirmou. "Estamos nos comunicando com Chris e ele não tem compartilhado ou utilizado os dados de forma inadequada".

Felizmente a empresa tomou as medidas necessárias, porém, mesmo assim, o que fica em dúvida é a reputação da empresa, já que pode por em cheque a sua credibilidade perante os usuários.

A empresa disse que "tem conhecimento da vulnerabilidade potencial no acesso ao sistema de armazenamento de dados".


De acordo com a MacKeeper, os dados dos cartões de créditos sempre estiveram protegidos, e ninguém teve acesso a eles. "Vamos continuar a tomar todas as medidas possíveis para proteger os dados dos nossos clientes contra ameaças cibernéticas", disse.

Você tem Telegram? Então inscreva-se grátis aqui no canal do Oficina da Net e recebe todas as notícias pelo mensageiro.

MAIS SOBRE: #mac  #dados  #antivirus
Comentários
Carregar comentários