Licença paternidade de Mark Zuckerberg será de dois meses

Zuckerberg ainda não reveliu quem irá ocupar o seu posto quando sair de licença paternidade. Ainda não foi revelado quando será a nascimento da sua primeira filha.

Por | @RafaelaPozzebon Tecnologia

Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, anunciou que irá tirar dois meses de licença paternidade após o nascimento da sua primeira filha.

A revelação foi feita pelo próprio Zuckerberg através da sua rede social. Sobre a decisão, ele definiu como “muito pessoal”. O executivo não revelou quando a sua filha irá nascer.

Licença paternidade de Mark Zuckerberg será de dois meses

Leia também:

"Esta é uma decisão muito pessoal e decidi tirar dois meses de licença paternidade quando nossa filha chegar", disse Mark Zuckerberg.

Os funcionários do Facebook nos Estados Unidos podem tirar até quatro meses de licença paternidade remunerada. Este tempo pode ser tirado de uma só vez, ou mesmo durante o primeiro ano da criança.

O anúncio da gravidez da esposa do CEO do Facebook foi feito em julho deste ano. Priscila Chan e Zuckerberg estão esperando uma menina.

Licença paternidade de Mark Zuckerberg será de dois meses

Mark Zuckerberg não mencionou quem irá substituir o seu lugar quando estiver de licença. No post de anúncio, Zuckerberg exibiu uma foto de um carrinho de bebê e de seu cachorro. Ele ainda afirmou que “estudos mostram que quando pais que trabalham tiram tempo para estar com os filhos recém-nascidos, os resultados são melhores para as crianças e para as famílias”.

"A cada dia as coisas se tornam um pouco mais reais para nós e estamos muito animados para começar esta nova etapa de nossas vidas", acrescentou o executivo-chefe do Facebook. 

A licença paternidade no Brasil dura apenas cinco dias a partir do nascimento do bebê. A licença maternidade, porém, é de no mínimo quatro meses, e no máximo seis meses, dependendo da ocupação da mãe.

Mais sobre: facebook, zuckerberg, ceo
Share Tweet
DESTAQUESRecomendado
Mais compartilhados
Comentários