Yahoo! mostrará resultados de busca do Google

. De acordo com a ComScore, o Yahoo! está em terceiro lugar no espaço de busca dos Estados Unidos, com uma fatia de 12,6% do mercado.

Por | @RafaelaPozzebon Tecnologia

Quando o assunto é busca na web, a primeira opção, para a grande maioria, é o Google. Porém, outras ferramentas também buscam lugar ao Sol, como o Bing. O Yahoo!, por sua vez, que já foi bastante popular em outros tempos, busca modelos para atrair mais usuários. Para isso, firmou um acordo com o Google para os resultados de buscas. Vale notar que a companhia já exibe resultados do motor de busca da Microsoft em seu site. O atual acordo entre Google e Yahoo! marca um período de três anos.

Com a chegada do Google no Yahoo! pode ser que mais usuários voltem a utilizar o portal para outros fins, como serviço de e-mail. Com isso, os internautas poderão encontrar o que precisam sem ter que deixar alguma ferramenta do Yahoo!.

Yahoo! mostrará resultados de busca do Google

Leia também:

Com o Bing, o Yahoo! oferece anúncios desde 2010. De acordo com a ComScore, o Yahoo! está em terceiro lugar no espaço de busca dos Estados Unidos, com uma fatia de 12,6% do mercado. O Google lidera o serviço, com 64%, e em segundo, a Microsoft, com 20,7%.

O Yahoo!, ainda, possui controle total sobre quais consultas são enviadas através do Google, Microsoft ou tratadas em sua própria ferramenta. Confira o que diz o acordo:

“Sob o Contrato de Serviços, Yahoo tem poder discricionário para selecionar quais consultas de pesquisa vai enviar para o Google e não é obrigado a enviar qualquer número mínimo de consultas. O Acordo de Serviços não é exclusivo e permite expressamente o Yahoo a utilizar quaisquer outros serviços de busca de publicidade, incluindo o seu próprio serviço, os serviços da Microsoft Corporation ou de terceiros.”

O acordo em questão significa que, para o Google e Microsoft, que mais usuários estarão vendo os resultados de busca, e ainda, seus próprios anúncios. Assim sendo, ambas as partes saem ganhando.

A medida atual mostra que as empresas podem sim fazer bons acordos, que beneficiam tanto elas, quanto os usuários. 

Mais sobre: google, yahoo, bing
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários