Apple chega na China por assinatura mensal de US$ 1,50

No Brasil, o serviço custa US$ 4,99 por mês. Nos Estados Unidos o mesmo plano sai por US$ 9,99.

Por | @oficinadanet Tecnologia

Nesta quarta-feira (30), a Apple anunciou o lançamento da Apple Music, iTunes Movies e iBooks na China. O destaque fica para o serviço de streaming da Maçã, que tem assinatura mensal de US$ 1,50. Além disso, a empresa também mencionou a possibilidade do serviço chegar para Android.

O iTunes Movies custará cerca de US$ 0,80 no aluguel de filmes em alta definição e US$ 2,80 na compra dos títulos. Os livros no iBooks custarão a partir de US$ 0,08.

Apple chega na China por assinatura mensal de US$ 1,50

Leia também:

Já era sabido que a Apple iria ajustar os valores do serviço de música para mercados diferentes. No Brasil, o serviço custa US$ 4,99 por mês. Nos Estados Unidos o mesmo plano sai por US$ 9,99. Na China, porém, devido a grande concorrência, a Apple está oferecendo o serviço por um preço mais em conta, o que poderá atrair o interesse dos usuários.

 "Na Ásia, o preço precisa ser grátis ou perto de cerca de US$ 2 a US$ 5 por mês para bater o ponto certo", disse Nil Shah, analista da Counterpoint.

Os usuários chineses além do preço, contarão com o tempo de três meses para decidirem se realmente vale a pena fazer a assinatura.

 "Estamos empolgados em levar músicas, filmes e livros para a China, com a curadoria de uma equipe local de especialistas", afirmou a companhia em comunicado.

“O Apple Music na China apresenta músicas de artistas como Eason Chan, Li Ronghao, JJ in e GEM, em como uma vasta gama de artistas internacionais, incluindo Taylor Swift, Ed Seeran e muito mais”.

Mais sobre: apple streaming musica
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo