Review ZenPower

Testamos nestes últimos dias o power bank da Asus, o ZenPower, com 10.050 mAh de capacidade. Fizemos algumas recargas com ele, medimos tempo e tudo mais. Confira conosco o que podemos dizer desse acessório e veja se vale a pena investir nessa carga extra.

Por | @Evilmaax Tecnologia 12 comentários

O aparelho foi lançado dia 19 de agosto no evento Fenômeno Z, mesma data em que a Asus lançou sua nova linha de aparelhos Zenfone, como o Zenfone 2 e o Zenfone Selfie. O lançamento veio para rivalizar com o power bank lançado pela Xiaomi há alguns meses atrás.

E haja provocação: Para acabar com o “mimimi” a Asus lançou seu acessório por R$ 98, ou seja, 1 realzinho a menos do que a concorrente chinesa, a Mi. (entendeu a piada? Chega de “mimimi”, a marca tem o apelido de “Mi”. A brincadeira não é minha não, é do diretor de marketing da Asus no dia do evento).

Bom, nestes últimos dias fizemos algumas recargas de smartphones com o power bank, marcamos o tempo e vamos contar tudo pra você. Confere aí conosco:

Leia em destaque: Entenda as diferenças entre as lentes de uma câmera fotográfica.

Na caixinha do PowerBank, além do volumoso manual do usuário, acompanha um cabo que mede 17,5 centímetros. De um lado uma ponta USB e do outro uma ponta MicroUSB. Funciona assim: a entrada USB vai no aparelho que está passando a energia e o MicroUSB naquele que está sendo carregado.

Por exemplo: se você quer carregar um smartphone deverá colocar o MicroUSB nele e o USB “normal” no PowerBank. Agora, se você quer encher o PowerBank de carga, terá de colocar o USB “normal” no carregador que irá na tomada e o MicroUSB no ZenPower.

Review ZenPower

Ahh, e se você notou que eu não citei em momento algum um carregador, é porque a Asus não incluiu nenhum no pacote mesmo. Você terá de usar o carregador que veio com o seu smartphone. O bom é que qualquer carregador servirá, desde que as entradas sejam compatíveis. O mesmo vale para os aparelhos que podem ser carregados: qualquer telefone com entrada MicroUSB. Lamentamos ter tentado carregar, por exemplo, o controle do Playstation 3 e não ter conseguido.

É bem verdade que não dá para inventar a roda no quesito design quando se fala em power banks. O “negócio” é uma bateria grande, sem visor, sem detalhes, sem nada. Porém, pode ser estiloso e com ótima ergonomia.

O power bank da Asus é lindão, todo construído em alumínio. Como eles dizem, é o melhor repositório de energia com o tamanho de um cartão de crédito. Ok, ele é maior que um cartão de crédito, mas a gente não liga. O ZenPower mede 5,8 centímetros de largura, 9 cm de altura e 2,2 de espessura. O peso me surpreendeu quando peguei, por achar que era mais leve. São 215 gramas.

Review ZenPower

O ZenPower está disponível em 5 cores: azul, rosa, prata, dourado e preta. Detalhe: por algum motivo a versão na cor preta é R$ 21 mais cara. Mesma capacidade e medidas, but 21 gilmas mais caras. Lembra a prática do início dos anos 2000 quando computadores pretos eram mais caros que os pc’s brancos (???)

Review ZenPower

E se você é um daqueles famosos mãos moles, que vive deixando cair suas coisas, pode aproveitar e já comprar junto um bumper disponível nas cores preta, azul, verde e salmão. Ele protege de riscos e dá uma pegada mais segura ao ZenPower. Confira o nosso power bank vestindo a proteção preta.

Review ZenPower

O power da Asus vem com 10.050 mAh, o que, segundo a fabricante, dá 3.5 cargas do seu novíssimo Zefone 2. Na prática não conseguimos chegar nesse nível de autonomia, mas ele deu pro gasto. Conseguimos 2 cargas completas do Samsung S6 (que somam 5.100 mAh) + 70% do Zenfone Selfie (2.100 mAh). Portanto conseguimos 7.800 mAh, longe dos 10.050 que a Asus disse caber no seu acessório.

Review ZenPower

Além disto, podemos citar outro ponto negativo: O ZenPower não dispõe da tecnologia fast charger para carregar algum gadget, nem para ser recarregado pela tomada. Por isso, o processo será lento nos 2 casos. Segundo os cálculos, um repositório de 10.050 mAh de capacidade, recebendo energia a uma taxa de 5 volts levaria 2.4 horas para carregar completamente, mas aqui na redação levamos mais tempo do que isso, no mínimo 3 horas.

Já pra carregar o smartphone através do Bank, o tempo irá variar de acordo com alguns fatores. Cronometramos o tempo necessário para carregar o Zenfone 2 e o Samsung S6 do 0 até 100% de carga.

Review ZenPower

O acessório ainda conta com o sistema Asus Power Safe, que ajusta a corrente que circula por ele de acordo com a sua temperatura, aumentando a vida útil em até 1.8 vez e prevenindo superaquecimentos. A fabricante ainda garante que a entrada USB está mais resistente e aguenta pelo menos 5 mil “colocações e remoções” antes de falecer.

Precisando de um power bank? Bom, garanto que não será um investimento à toa, tanto pelo preço como pela praticidade. Imagine a cena, você está no meio do nada, sem bateria no smartphone e precisa entrar em contato com a sociedade. Você daria tudo por 10% de bateria, não? Então aproveite que a treta has not begin, pague menos de R$ 100 e viaje prevenido daqui para a frente.

Bom, mas no início do texto falamos que o ZenPower tem um concorrente à altura, lembra? É o modelo da Xiaomi, o Mi Power Bank. E num comparativo direto entre os 2, qual vale mais a pena? Deixo aqui um ponto para você refletir e escolher:

  •  O ZenPower da Asus custa R$ 98 e tem 10.050 mAh de potência, já o da Xiaomi custa R$ 99 e tem 10.400 mAh..

Agora a escolha é com você.

Já usou algum power bank? Conte pra gente como foi sua experiência.

Comentários
Carregar comentários