Xixi nas paredes pode estar com os dias contados

Bem que essa moda poderia pegar no Brasil! Xixi nas paredes nunca mais.

Por | @oficinadanet Tecnologia

Todos nós sabemos que o hábito de urinar nas paredes é recorrente em todo o mundo. No Brasil, por exemplo, a época de carnaval é mais visada, e infelizmente, muitos foliões acabam fazendo xixi em locais impróprios.

Porém, agora, uma nova tecnologia vem sendo testada em alguns pontos do mundo. Em São Francisco, nas áreas consideradas mais problemáticas as autoridades estão testando uma tinta repelente capaz de jogar o líquido de volta. Isso mesmo, quem fazer xixi em alguma parede terá a sua urina enviada de volta.

De acordo com um porta-voz da agência de obras públicas da cidade, quem tentar urinar contra uma parede que foi tratada com a nova tinta, certamente será atingido pelo líquido.

Xixi nas paredes pode estar com os dias contados

Leia também:

A ideia de implantar o sistema em São Francisco surgiu após o diretor da agência municipal americana visitar um conhecido bairro de casas noturnas na Alemanha. A tinta, na comunidade de St. Pauli, em Hamburgo, vem sendo usada já há algum tempo.

Chamada de Ultra-Ever Dry, a tinta cria ima barreira de ar em frente à superfície que assim “repele completamente quase qualquer líquido”, segundo os fabricantes.

Em São Francisco, nove muros já foram pintados em áreas próximas a bares e em bairros com grande concentração de sem-teto.

Uma placa alerta as pessoas:  "Segure!... Tente se aliviar em um local apropriado".

"A ideia é que eles pensem duas vezes antes de urinar em público", disse Rachel Gordon, porta-voz do Departamento de Obras Públicas de San Francisco.

"Recebemos muitas, muitas ligações de pessoas que queriam (a aplicação da tinta) na rua ou no prédio onde moram", disse ainda Rachel.

Conforme a porta-voz, o uso da tinta nos muros é mais baixo do que a própria limpeza dos muros. A Prefeitura de São Francisco também está investindo em mais banheiros públicos.

Ao que tudo indica, uma ótima alternativa. Acho que aqui no país também seria bastante útil! 

Mais sobre: tecnologia tinta paredes
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Destaquesver tudo