Mobile Marketing: 7 Erros Letais Que Você PRECISA Evitar

Há alguns anos, a desculpa mais comum dos "marqueteiros" para justificar seus erros pífios relacionados ao mobile marketing era o fato desta ser uma área "nova" do marketing digital.

Por | @saulosegurado Marketing Digital

Ok, em meados de 2010, isso poderia até poderia ser um argumento aceitável, mas, hoje, com a maioria das pessoas acessando a internet exclusivamente via dispositivos móveis? De acordo com a eMarketer, uma renomada empresa de pesquisa de mercado que publica insights e tendências relacionadas ao marketing digital, apenas nos Estados Unidos, os gastos com publicidade em dispositivos móveis serão de inacreditáveis US$16 bilhões em 2015!

Isso mostra o tamanho deste mercado na atualidade.

Basicamente, não existe mais nada que justifique que sua empresa continue repetindo ou aceitando que terceiros repitam estes erros de mobile marketing (apresentados abaixo) em seu nome (alguns deles são até difíceis de acreditar, como: incentivar o uso de dispositivos móveis em lugares onde não é possível usá-los).

Se você ainda está planejando sua estratégia de mobile marketing, sua empresa certamente vai economizar bastante tempo e dinheiro aprendendo onde a maioria dos seus concorrentes continua errando.

Se você já usa o mobile marketing, considerando que as chances são de que sua empresa também comete estes erros, talvez você ainda consiga reverter este quadro e conter os prejuízos.

Os 7 Erros Letais Que Estão Matando Seus Resultados Com O Mobile Marketing

Mobile Marketing: 7 Erros Letais Que Você PRECISA Evitar

Erro#1: você não tem um aplicativo próprio

Atualmente, desenvolver um aplicativo próprio para sua empresa é uma das melhores formas de consolidar sua marca, fidelizando seus clientes por estar sempre com eles em seus dispositivos móveis, aumentando sua visibilidade no seu mercado-alvo, criando um novo canal de marketing & vendas para sua empresa, etc.

As pessoas não aceitam mais experiências ruins com os ativos digitais das empresas, portanto se você quer sobreviver nos próximos anos, um bom aplicativo próprio é uma OBRIGAÇÃO.

Erro #2: você tem um aplicativo próprio (e só)

Imagine por um momento quantos aplicativos existem nas lojas de aplicativos e, pior, quantos aplicativos existirão nos próximos anos. Por que, com todas as opções disponíveis, alguém iria magicamente (sem nenhum esforço seu para convencer esta pessoa) escolher baixar e instalar o aplicativo da sua empresa?

A não ser que o seu aplicativo seja um aplicativo interno para automatizar uma ou várias etapas do seu processo operacional, você não vai conseguir que ninguém instale-o sem um plano de divulgação de gente grande.

Leia mais sobre Marketing Digital

Erro #3: você envia usuários mobile para conteúdos não-otimizados

Este é um erro clássico. Quantas vezes você já clicou em um anúncio através do seu celular, onde você foi direcionado para um website totalmente não-otimizado para dispositivos móveis? Qual foi a sua experiência com essa empresa? Obviamente, péssima.

Existe um conceito chamado Ad Scent (algo como "cheiro do anúncio") que diz o seguinte: para que os seus resultados não "fedam", o design, a oferta, o layout, enfim, o "cheiro" do seu anúncio deve ser EXATAMENTE igual ao "cheiro" (novamente: design, oferta, layout, etc.) da página de destino deste anúncio.

Basicamente, isso significa que deve haver uma lógica psicológica nas suas campanhas entre todos os seus ativos digitais ou você pode dar adeus para as vendas. Considerando que, como eu disse na introdução, a maioria das pessoas já são exclusivamente usuários mobile, sua empresa jamais pode cometer o erro de deixar suas campanhas de mobile marketing "federem" enviando esses usuários para conteúdos não-otimizados.

Erro #4: você lembrou dos celulares, mas esqueceu dos tablets

Não se esqueça que os dispositivos móveis NÃO se resumem aos celulares. Seus ativos digitais precisam ser otimizados também para tablets de todos os tamanhos da mesma forma que eles são otimizados para celulares.

Leia também:

A presença dos ultramobiles (tablets, dispositivos híbridos, etc.) vai continuar crescendo nos próximos anos, portanto, jamais pode ser ignorada.

Erro #5: você "esconde" suas chamadas para ação nos dispositivos móveis

Este é talvez o erro mais comum das estratégias de mobile marketing que vemos por aí e também o mais LETAL. Não otimizar todos os conteúdos dos seus ativos digitais para os dispositivos móveis é um verdadeiro tiro no pé, principalmente quando o que as pessoas não estão conseguindo encontrar é justamente a coisa mais importante da sua empresa: suas chamadas para ação!

Você precisa desesperadamente destacar suas chamadas para ação nos dispositivos móveis para que as pessoas consigam exatamente o que elas "querem" da sua empresa (ou melhor: o que você quer que elas queiram).

Erro #6: você não oferece o preenchimento automático via redes sociais

Certamente você já sabe que formulários longos reduzem (muito) as conversões. Agora imagine seu estrago em dispositivos móveis, onde as pessoas aparentemente perdem completamente sua já pequena paciência natural.

Oferecer o preenchimento automático via redes sociais não apenas otimiza a experiência das pessoas com a sua marca, quanto preserva a sanidade delas também.

Erro #7: você enche a tela dos usuários mobile com conteúdos desnecessários

É incrível como as empresas não percebem que a quantidade (e também a qualidade) do conteúdo dos seus ativos digitais é uma variável importantíssima na equação do mobile maketing. O motivo é muito simples: a tela dos dispositivos móveis é bem menor que a tela de um desktop, por exemplo, portanto, a "rolagem" do conteúdo é bem mais difícil.

Simples, não é? Mas ninguém lembra disso! Você precisa garantir que a parte mais importante seja apresentada para as pessoas logo no início do seu conteúdo.

Erro bônus (ou erro #fanfarrão): você incentiva o uso de dispositivos móveis em... lugares onde não é possível usá-los!

Mobile Marketing: 7 Erros Letais Que Você PRECISA Evitar

Falando sério, às vezes eu me surpreendo que existem pessoas que são pagas (comumente por grandes empresas) para criarem campanhas que são dignas dos melhores shows de stand-up comedy do mundo.

O que você de acha de um anúncio em uma estação de metrô que pede para as pessoas acessarem um website através de um QR code para ganhar algo em troca? Até aí tudo bem, não é? Só existia um problema nesta campanha: o metrô! O anúncio estava localizado na parede oposta à plataforma onde as pessoas estavam, em uma distância de uns 3m (largura média de um trilho), ou seja, para participar da "promoção", você teria que arriscar ser atropelado em duas oportunidades (na ida e na volta da sua "aventura" em busca do QR code).

Outro exemplo são as campanhas de mobile marketing naquelas revistinhas de avião, onde, teoricamente, não se pode usar a internet.

Conclusão

O mobile marketing é definitivamente a melhor forma para você se aproximar dos seus clientes nos dias atuais. Não existe outro dispositivo que seja tão pessoal e "onipresente" quanto um celular. Portanto, sua empresa precisa obrigatoriamente estar presente nesses dispositivos, mas lembre-se: ela jamais pode cometer os erros citados neste artigo. Do contrário, esta "presença" não trará absolutamente nenhum retorno.

Você já cometeu algum destes erros ou conhece outros erros letais de mobile marketing? Conte sua experiência para nós nos comentários abaixo e contribua com a nossa comunidade!

Se você deseja automatizar sua empresa ou consolidar sua marca, te convido para conhecer a Autzon – Aplicativos Que Transformam Vidas e receber uma apresentação 100% grátis.

Mais sobre: MarketingDigital marketing dicas
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo