Verizon compra AOL por US$ 4,4 bi

A operadora de telefonia norte-americana, Verizon, fechou acordo de compra junto a AOL Inc. - America Online, pelo valor de US$ 4,4 bilhões.

Por | @oficinadanet Negócios

A maior provedora sem fio dos Estados Unidos, anunciou hoje que pagará US$ 50 por cada ação da AOL. Com a transação, a Verizon espera dar um passo grandioso na construção de plataformas digitais e de vídeo que irão direcionar o crescimento futuro da companhia.

Ainda de acordo com a negociação, a Verizon informou que a partir de então poderá utilizar a avançada tecnologia que a AOL desenvolveu na venda de serviços de vídeo de alta qualidade na web e na venda de anúncios. A AOL usa a denominada tecnologia de anúncios programáticos, onde a mesa se utiliza de máquinas de alta energia para comprar e vender espaços de anúncios com conteúdo móvel.

Verizon compra AOL por US$ 4,4 bi

Leia também: as 10 maiores fusões do setor de TI.

Vale ressaltar que com a negociação confirmada, a AOL continuará a existir, se transformando em uma divisão da Verizon, ainda embasado nas informações prestadas pelas empresas, o atual presidente da companhia, Tim Armstrong, continuará a frente do comando da mesma, mas com a função de diretor-chefe do novo setor.

Atualmente a AOL é uma das maiores provedoras de internet dos Estados Unidos, onde no final da década de 90, chegou a ser uma das maiores empresas do setor no planeta. Já em Janeiro de 2000, a AOL anunciou uma fusão com a Time Warner, em um negócio que envolveu a quantia de US$ 144 bilhões, transformando-se assim, em um dos maiores conglomerados de mídia do mundo. Em 2010, a dita fusão foi desfeita, sendo que após essa separação, especialistas descreveram a mesma como a pior fusão da história.

A Verizon ainda destaca que estuda financiar o acordo firmado com dinheiro e papeis comerciais. 

Mais sobre: Verizon, AOL, Estados Unidos
Share Tweet
DESTAQUESMais compartilhados
Comentários