Internet do Brasil tem velocidade abaixo da contratada

Em testes realizados pela PROTESTE a internet banda larga do Brasil cumpriu o que é regulamentado pela Anatel em apenas 27% das medições.

Por | @oficinadanet Internet

De acordo com as normas da Anatel, as operadoras de internet devem entregar ao consumidor em média 80% da velocidade contratada, mas não é exatamente isso que vem acontecendo. A PROTESTE, uma associação de consumidores sem fins lucrativos, realizou testes em 1.448 pontos nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro e os resultados dos testes são alarmantes: em apenas 27% dos casos o regulamento da Anatel foi cumprido.

Para um usuário que tenha contratado um plano de 10Mbps a velocidade entregue não pode ficar, em hipótese alguma abaixo dos 4Mbps, ou seja, 40% da velocidade total, já a média mensal deve ser de pelo menos 8Mbps, ou seja, 80% da largura de banda contratada.

Leia também:

Internet do Brasil tem velocidade abaixo da contratada

Tais testes mostram o descaso com que as operadoras de internet tratam o assunto, já que os serviços de banda larga devem se ater às regras e normas estabelecidas pela Anatel, mantendo velocidade alta e ininterrupta.

A PROTESTE - responsável pelos testes - pede que os usuários façam seus próprios testes em suas conexões, durante um mês inteiro, e para isso ela oferece um serviço de medição gratuito através do site: testeminhainternet.com.br/. De acordo com a associação, caso a velocidade entregue pela operadora não estiver de acordo com o estabelecido, o usuário deve exigir o ressarcimento do valor pago ou o abatimento proporcional na conta.

Mais sobre: Internet Banda Larga Conexão
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo

Siga nossas contas no Twitter