Tráfego de dados atingirá números exorbitantes em 2019

Cisco considera que volume de tráfego de dados móveis terá aumento de quase dez vezes até 2019.

Por | @RafaelaPozzebon Tecnologia

Nos próximos cinco anos o tráfego de dados deverá crescer quase dez vezes, diz a Visual Networking Indez, em um estudo realizado pela Cisco. Conforme o relatório, o crescimento no Brasil, neste período, será de 56%.

Conforme o levantamento, o grande aumento no tráfego de dados terá relação com o crescimento exponencial dos dispositivos móveis, nas conexões máquina a máquina (M2M), com melhor acesso a redes de celulares e ainda outros fatores.

A Cisco revela que, no ano passado, 88% do tráfego de dados foi inteligente, ou seja, contava com capacidade de computação multimídia avançada em velocidade igual ou superior à 3G. Em 2019, a expectativa é que este número atinja incríveis 97%.  A empresa ainda prevê que a conexão 3G já deva superar a 2G em 2017, sendo que nos próximos dois anos ela será responsável por 44% das conexões de dispositivos móveis no mundo. Neste ano, a rede 4G abrangerá 26% das conexões, e irá gerar 68% do tráfego.

Além disso, o volume de tráfego de dados terá crescimento, sendo que o valor estimado para 2019 é de 292 Exabytes, quase 10 vezes do volume atual, que é de 30 Exabytes. Para ter uma noção, o volume compreende a assistir 6 trilhões de vídeos no YouTube.

Tráfego de dados atingirá números exorbitantes em 2019

A Cisco justifica o grande crescimento no tráfego de dados móveis baseado em quatro fatores: o aumento de usuários de dispositivos móveis, o número de conexões e também a velocidade das conexões. Vale notar que a velocidade das conexões atual é de 1,7 Mbps e em 2019 deverá atingir 4 Mbps.

Leia também:

De acordo com a Cisco, o aumento de tecnologia de voz sobre Wi-Fi (VoWi-Fi) também sofrerá aumento, e irá permitir a comunicação entre dispositivos sem chip de celular. Assim, espera-se que 53% de todo o tráfego de voz sobre IP móvel seja realizado usando a tecnologia, em 2019.

Os serviços na nuvem também deverão ter grande expansão. Nos próximos cinco anos, o crescimento do tráfego de dados destes serviços é projetado para 21,8 exabytes por mês.

Para o Brasil, a taxa de crescimento anual deverá ser de 56%, que resultará em uma taxa de 7,2 exabytes de tráfego em 2019. Além disso, o tráfego de dados móveis irá crescer três vezes mais rápido que do IP fixo no país, e chegará a 14% de todo o tráfego no país. Além disso, na ocasião haverá 174,9 milhões de usuários móveis no Brasil e o mercado de consumo ficará responsável por 90% do tráfego móvel.

Para a América Latina, o valor proposto é de 59%, atingindo um tráfego de dados de 2 exabytes por mês em 2019.

Acessar o estudo completo aqui

Mais sobre: cisco, internet, dados
Share Tweet
DESTAQUESMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.