Twitter anuncia aquisição de empresa indiana de chamadas perdidas

Na Índia é comum fazer chamadas sem que sejam completadas somente para avisar.

Por | @oficinadanet Negócios

Nesta terça-feira (20), o Twitter anunciou a compra da startup indiana ZipDial, que é responsável pela combinação de mensagens de áudio, web móvel e através de aplicativos para fornecer conexão para usuários que não tenham acesso à internet ou mesmo com alguma restrição de uso.

A ideia do microblog, com a recente aquisição, é expandir-se no segundo maior mercado de dispositivos móveis do mundo. O valor da negociação não foi revelado, porém, de acordo com o site Techcrunch, o negócio ficou entre US$ 30 milhões e US$ 40 milhões.

Na Índia, as chamadas perdidas são comumente usadas como meio de avisar os amigos, e a ZipDial costuma explorar esse hábito. Assim, a serviço de alguma marca, um indivíduo realiza uma chamada para um determinado número somente para deixar uma chamada perdida. E com isso a pessoa passa a receber descontos e também promoções, além disso, interações através de voz, SMS e notificações por aplicativo. Entre os clientes da empresa indiana estão IBM Yum! Brands, KFC e Procter & Gamble.

“Essas interações tem apelo especial em área onde as pessoas não estão sempre conectadas ou apenas acessam a dados via redes intermitentes de Wi-Fi”, comentou Christian Oestlien, vice-presidente de produto do Twitter, em nota.

De acordo com o executivo, a ZipDial pode contribuir para tornar o acesso à internet mais fácil para as “bilhões de pessoas que entrarão online pela primeira vez em países como Brasil, Índia e Indonésia”.

O Twitter já mantem relações com a empresa há algum tempo. Há cerca de dois anos, a indiana já vem promovendo ações através do microblog para Bollywood, a famosa indústria de filmes da Índia, e também para as eleições no país.

“Essa aquisição aumenta significantemente nosso investimento na Índia, um dos países onde nós estamos vendo um grande crescimento, e também nos dá um novo escritório de engenharia em Bangalore”, afirma Oestlien. 

Mais sobre: economia twitter compra
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo