Google presta homenagem ao escritor Leo Tolstoy

Guerra e Paz e Anna Karenina estão entre as obras mais famosas do escritor russo.

Por | @RafaelaPozzebon Internet

Nesta terça-feira (09), o Google está homenageando o escritor russo Leo Tolstoy pelo seu 186° aniversário, através de um Doodle interativo. Na página inicial do Google o internauta pode fazer parte de um livro do escritor, além disso, o Doodle exibe a obra de Leo Tolstoy.

“Espero que o Doodle inspire aqueles que o vir a descobrir e revisitar estas cenas da maneira que Tolstoy pretendia: através da leitura e releitura de suas narrativas atemporais“, disse Roman Muradov, designer que trabalhou no Doodle em questão.

Leo Tolstoy nasceu em Yasnaya Polyana (nome da sua casa), que se localiza a 12 km de Tula e a 200 km de Moscovo. O escritor era filho de Nicolas Ilyitch, conde de Tolstoy e de Maria Nicolaevna, princesa de Volkonsky. 

Tolstoy é considerado um dos maiores romancistas do mundo, sendo que suas obras já foram lidas por milhares de pessoas no mundo todo. Guerra e Paz e Anna Karenina são considerados os melhores romances já escritos por ele.

Leo Tolstoy morreu aos 82 anos, de pneumonia, durante uma fuga de sua casa, buscando viver uma vida simples.

Veja as obras mais famosas do autor:

  • Infância (1852)
  • Adolescência (1854)
  • Juventude (1856)
  • Crônicas de Sebastopol (1855-1856)
  • A felicidade conjugal (romance, 1858)
  • Cossacos (romance, 1863) – descreve a vida deste povo.
  • Guerra e Paz (romance, 1865-1869) – é uma monumental obra, na qual Tolstoi descreve dezenas de diferentes personagens durante a invasão napoleônica de 1812, na qual os russos incendiaram Moscou.
  • Anna Karenina (romance, 1875-1877) – conta as histórias paralelas de uma mulher presa nas convenções sociais e um proprietário de terras filósofo (reflexo do próprio Tolstoi), que tenta melhorar a vida dos seus servos.
  • Confissão (1882)
  • O reino de Deus está em vós (ensaio, 1894)
  • A morte de Ivan Ilitch (romance, 1886)
  • A sonata a Kreutzer (romance, 1889)
  • O que é arte? (ensaio, 1898)
  • Padre Sérgio (conto, 1898)
  • Ressurreição (romance, 1899)
  • Babine – o parvo (peça de teatro infantil)
  • Obras Pedagógicas
  • Não posso me calar
  • Hadji Murat (romance escrito entre 1896 e 1904, publicado em 1912)
  • Contos populares
  • O Diabo e Outras Histórias (compilação de contos)
  • Falso Cupom (conto, 1904)
  • Contos da Nova Cartilha – 2005 (fábulas, histórias verídicas, contos folclóricos, contos maravilhosos para crianças)
  • Kholstomér, a História de um Cavalo[1]
  • Carta para um hindu, 1908
  • Calendário da Sabedoria, 1910
  • Ensaios e cartas, 1911 (edição inglesa: Essays and letters, Oxford University Press, 1911)

Com informações da redação e do wikipedia.

Mais sobre: leo tolstoy, google, doodle
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários