Ficar fora do Facebook pode deixar usuário depressivo, revela pesquisa

Falta de interação no Facebook deixa usuários menos satisfeitos.

Por | @oficinadanet Redes sociais

De acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade de Queenland, na Austrália, ficar dois dias sem acessar o Facebook pode deixar usuário depressivo. O estudo foi coordenado pela cientista Stephanie Tobin e tem como objetivo revelar os efeitos sociais das pessoas quando não estão conectadas à rede social.

O estudo foi realizado em duas etapas. Na primeira parte os voluntários, que postam frequentemente online, foram divididos em dois grupos: metade deles postou normalmente, e a outra parte apenas observou.

Na segunda fase do estudo, os grupos de voluntários foram unidos e usaram contas criadas pelos pesquisadores e ainda foram encorajados a postar e também comentar os outros perfis da rede social de Mark Zuckerberg.

Como resultado, cerca de 50% dos participantes tiveram respostas em seus posts. Os que não postaram acabaram ficando esquecidos no Facebook. Conforme o levantamento, os que ficaram sem interagir apresentaram níveis baixos de autoestima e também de solidão. O resultado foi concluído a partir de respostas dos voluntários.

A pesquisa diz que não compartilhar conteúdo faz com que os usuários se sintam menos felizes. Do mesmo modo, acessar o Facebook apenas para ver as publicações dos outros usuários é menos satisfatório do que compartilhar informações.

“Percebemos que pessoas que não recebem respostas para uma atualização de status sentem uma sensação menor de pertencimento, autoestima, controle e importância do que aqueles que receberam respostas”, dizem os pesquisadores.

O estudo foi publicado no jornal Influence Social. O próximo passo dos cientistas é examinar os efeitos dos usuários por serem notados no Facebook.

 

Mais sobre: facebook autoestima postar
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo