Facebook quer obrigar usuários a baixar o messenger

Mark Zuckerberg e o Facebook querem fragmentar aplicativos e incentivar mais conversas pelo app de mensagens que pela rede social.

Por | @marciobohrer Smartphones

Na Europa, usuários do Facebook - versão mobile - estão sendo notificados para baixar o aplicativo de mensagens da rede social, caso queiram conversar em tempo real. Trata-se de um plano do Facebook em dividir os aplicativos a fim de que eles trabalhem da melhor forma possível, com menos erros. Ao site The Verge, um porta-voz da rede social confirmou que esta divisão não é apenas um teste, afirmou que no futuro, outros países também terão de se adaptar a este processo.

Em suma, quando você clicar no ícone de mensagens no aplicativo da rede social, será automaticamente direcionado ao aplicativo de mensagens. Agora, se você tem um aparelho de baixo custo e com restrições de memória, cujo aplicativo não está disponível, fique tranquilo; os aparelhos desta categoria terão acesso às mensagens da forma tradicional. Há quem fique desapontado com a mudança; de fato, ter de abrir dois aplicativos ao mesmo tempo é desgastante tanto para o usuário quanto para o smartphone. Mas também vê vantagens aquele usuário que quer apenas trocar mensagens com seus amigos, sem ter de dar uma passadinha na timeline.

Atualizado, o Facebook messenger está com a moral bem alta no Google Play. A última atualização - ocorrida em 9 de abril - torna o app mais rápido e corrige pequenas falhas. Vale lembrar que Mark não quer "aposentar" o messenger, nem mesmo após investir US$ 16 bilhões para comprar o Whatsapp; o Facebook é capaz de chegar a países e regiões onde o aplicativo de mensagens instantâneas não consegue.

Para baixar o aplicativo de mensagens do Facebook, acesse aqui ou na respectiva loja de seu smartphone. Veja também outros aplicativos de mensagens instatâneas para usar em seu aparelho.

Mais sobre: facebook messenger facebook messenger
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo