Executivo da Samsung é intimado por tribunal indiano

Executivo da Samsung pode ser preso por dívida com fornecedor.

Por | @RafaelaPozzebon Negócios

O presidente do conselho da Samsung Eletronics terá que se apresentar perante a um tribunal da Índia dentro de seis semanas para evitar que seja preso. A decisão é da Suprema Corte da Índia.

Lee Kun-Hee, de 72 anos, é considerado o homem mais rico da Coreia do sul, com um patrimônio líquido de US$ 11,2 bilhões, conforme a Forbes. A presença do executivo no tribunal está ligada a uma disputa de 10 anos com um fornecedor em decorrência de um pagamento de 1,4 milhão.

Na última segunda-feira (31), dois juízes determinaram que o mandato de prisão de Lee emitido por um tribunal local em Ghaziabad, próximo a Nova Delhi, não poderia ser executado no prazo de seis semanas.

Para escapar da prisão, Lee poderá pagar uma fiança. A Samsung não se manifestou sobre o assunto.

Mais sobre: samsung, Índia, executivo
Share Tweet
DESTAQUESRecomendado
Mais compartilhados
Comentários