Aparelhos piratas serão bloqueados pela Anatel

Consumidores de aparelhos sem a certificação da ANATEL serão avisados pela agência reguladora antes de serem bloqueados.

Por | @RafaelaPozzebon Smartphones

Na última segunda-feira (17), iniciou a operação Sistema Integrado de Gestão de Aparelhos (Siga). O sistema tem como objetivo bloquear os aparelhos celulares, tablets e notebooks piratas ou sem certificação da Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL).

Veja mais notícias sobre celulares

Com isso, todos os aparelhos que usam chip ou e/ou acessam à rede móvel das operadoras serão bloqueados. Muitas pessoas optam por aparelhos mais baratos, geralmente importados, porém, que não foram homologados pela Agência.

A ANATEL, juntamente com as operadoras que participam da ação,  têm como principal objetivo liquidar com os aparelhos contrabandeados. A Agência ressalta que eles podem, inclusive, prejudicar a saúde dos usuários, já que podem emitir altos níveis de radiação. Além disso, há também o perigo de explosões. Veja as nossas dicas para melhorar o uso de seu celular.

O Governo também está interessado na campanha, já que com o grande número de aparelhos importados no país os impostos deixam de ser arrecadados. De acordo com Roberto Pinto Martins, superintendente de Controle de Obrigações da Anatel, todos os usuários serão informados antes de terem os seus serviços suspensos. Os donos de aparelhos piratas terão um tempo para trocar os seus aparelhos.

As operadoras já investiram mais de R$ 10 milhões no projeto, porém, estimam que o retorno seja maior ainda.  A ANATEL não informou os detalhes do funcionamento do serviço para evitar que fraudadores usem as informações para tentar burlar o sistema. 

Mais sobre: anatel, mobile, pirata
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar