Especialista revela que é possível roubar conversas no WhatsApp

Histórico de conversas no WhatsApp podem facilmente acessadas.

Por | @RafaelaPozzebon Segurança digital

O WhatsApp é um dos aplicativos mais usados no mundo para bate-papo e recentemente ele foi comprado pelo Facebook por US$ 19 bilhões. Atualmente o app conta com quase 500 milhões de usuários e para quem pensava que estava com a conversa segura, pode ter se enganado.

O especialista em segurança americano Bas Bosschert afirmou na quarta-feira (11), em um post em seu blog, que descobriu um modo de roubar todos os registros de conversas do aplicativo.

De acordo com Bosschert, o WhatsApp salva todo o histórico de conversas na memória do smartphone. Porém, a criptografia usada no arquivo não é específica para cada usuário, mas sim padrão. Baseado nisso, o especialista quebrou o código e, assim, conseguiria ter acesso a todo histórico de conversas dos usuários.

Especialista revela que é possível roubar conversas no WhatsApp

Leia também:

Bosschert postou todos os códigos necessários para decodificar a criptografia do WhatsApp. O especialista explica que qualquer aplicativo que tenha acesso a memória de um smartphone é capaz de copiar o arquivo. Com isso, seria muito simples um hacker desenvolver um aplicativo malicioso, para que, ao ser instalado por um usuário, conseguisse copiar o arquivo.

“As pessoas apenas enxergam uma tela de carregamento quando um jogo começa. Elas não têm como perceber que, enquanto isso, seu banco de dados WhatsApp também foi carregado”, disse Bosschert em entrevista ao Business Insider.

Mais sobre: WhatsApp, aplicativo, hacker
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.