Cometa Ison está mais brilhante no espaço

Nesta segunda-feira (18) o Observatório Europeu do Sul (ESO, na sigla em inglês) divulgou uma imagem registrada na última sexta-feira (15) do cometa Ison.

Por | @RafaelaPozzebon Ciência

O “Cometa do século”, como vem sendo chamado, está sendo monitorado desde outubro desse ano e a sua mais recente imagem foi feita pelo telescópio belga Trappist, instalado em La Silla, no Chile.

Ison está cada vez mais próximo do Sol e a radiação da estrela fez com que duas liberações de gás aumentassem o brilho do cometa. O objeto irá passar muito próximo ao Sol, cerca de 1,2 milhões de quilômetros, no dia 28 de novembro. Porém, com a proximidade, a bola de gelo poderá evaporar e ele simplesmente se desintegrar.

Caso o Ison sobreviver, ele poderá se tornar muito brilhante no céu, por essa razão, os cientistas o chamam de “Cometa do século”.

Cometa Ison está mais brilhante no espaço

No dia 19 de novembro o cometa Ison estará afastado de Espiga (ou “Spica”), a estrela mais brilhante da constelação de Virgem, e assim, mais próximo ao solo.  O Ison poderá ser visto por qualquer pessoa com a ajuda de um binóculo. Ele estará localizado a leste, porém, vale notar que o evento irá acontecer durante a madrugada.

Mais sobre: Ciencia, ison, cometa
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar