Ballmer revela motivo de saída da Microsoft

Steve Ballmer revelou ao jornal Wall Street Journal o real motivo de sua saída da Microsoft. O CEO da companhia, durante a entrevista disse que o pedido de demissão foi totalmente voluntário, porém, alega que sofreu pressão por parte do conselho de acionistas da companhia.

Por | @RafaelaPozzebon Negócios

De acordo com o executivo, desde janeiro, a equipe diretiva da Microsoft estava pressionamento para que a companhia se transformasse de forma mais rápida em uma empresa de dispositivos e serviços. Por discordar de tais mudanças, em maio Ballmer se convenceu que seu modo de pensar estava atrapalhando a transição da companhia e que era necessário “quebrar padrões”, salientando que ele mesmo era um “padrão a ser quebrado”.

Leia também:

Com isso, Ballmer preferiu deixar a Microsoft, já que julgou ser incapaz de mudar a cultura da empresa que ele mesmo ajudou a construir.  Durante a entrevista o executivo disse que uma nova liderança poderá remodelar a empresa em um ritmo mais acelerado.

Questionado sobre o seu futuro fora da Microsoft, Ballmer disse que ainda está analisando algumas propostas, como de professor universitário ou mesmo ser treinador do time de basquete da escola de seu filho mais novo.

Mais sobre: ballmer, saída, microsoft
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.