App Snapchat recusou proposta de US$ 3 Bi do Facebook

Facebook oferece 3 bilhões de dólares para compra de SnapChat, o aplicativo que deleta fotos poucos segundos após o envio.

App Snapchat recusou proposta de US$ 3 Bi do Facebook

De acordo com uma reportagem do jornal Wall Street Journal, o Facebook tentou comprar o Snapchat, aplicativo de envio de fotos que são deletadas após poucos segundos. A companhia teria oferecido US$ 3 bilhões, porém, sem sucesso.

A publicação, que cita fontes próximas ao assunto, diz que a oferta teria acontecido no mesmo momento em que a Snapchat estava sendo sondada também por outros potenciais compradores.

Evan Spiegel, cofundador e presidente-executivo do Snapchat, de 23 anos, não está disposto a se desfazer da empresa até pelo menos o próximo ano, disse ainda o jornal. Ele pretende reunir ainda mais utilizadores do serviço para elevar o valor de mercado antes de qualquer negociação.

O Snapchat é muito popular entre os adolescentes e jovens pelo seu sistema, que após o envio de textos e fotos, em poucos segundos são deletados. De acordo com a empresa, em junho o aplicativo registrava 350 milhões de snaps por dia.

A rede social de Mark Zuckerberg estaria interessada no aplicativo justamente por ser bastante atrativa no meio jovem.

O melhor celular intermediário para importar?

Conteúdo relacionado

5 celulares para NÃO COMPRAR em 2021
Celulares

5 celulares para NÃO COMPRAR em 2021

Nem sempre é fácil escolher o smartphone ideal, ainda mais com tantas opções no mercado. Mas e se começarmos eliminando os que não são uma boa opção? Confira 5 modelos que você deve evitar comprar!

Facebook compra empresa de reconhecimento facial
Negócios

Facebook compra empresa de reconhecimento facial

A empresa é especializada em usar inteligência artificial para analisar imagens faciais em aplicativos que funcionam em smartphones.

As 10 maiores redes sociais em 2021
Redes sociais

As 10 maiores redes sociais em 2021

Quer saber quais são as redes sociais mais usadas no mundo? Fizemos uma lista com as 10 maiores em 2021. Facebook permanece com a liderança.