O que é Retina Display?

Imagine ter um smartphone com uma tela altamente definida. Pois bem, a Apple implantou em seus aparelhos smartphones e iPads esta super tecnologia conhecida como Retina Display. Mas o que é uma tela de Retina?

Por | @oficinadanet Smartphones

Retina Display é o nome dado pela Apple para sua tela de alta resolução introduzida no iPhone 4, em junho de 2010. Sabe-se que ele oferece uma densidade de pixels de aproximadamente 326 pixels por polegada. Toda a tecnologia de ponta no iPhone 4 situa-se entre dois painéis brilhantes de vidro de alumínio - o mesmo tipo de vidro utilizado nos para-brisas de helicópteros e trens de alta velocidade.

Projetada para suavizar as bordas irregulares dos pixels e fornecer uma imagem de qualidade superior aos dispositivos móveis anteriores, a Apple alega que sua resolução é tão boa que torna impossível para o olho humano distinguir os pixels individualmente (dados variáveis, tais como distância de tela, etc). Nas palavras de Steve Jobs Há um número mágico em torno de 300dpi (pixels por polegada), se você segurar algo cerca de 10-12 centímetros de distância do seu olho, é o limite da retina humana de distinguir pixels.

O que é Retina Display?

Ao olharmos para uma televisão Full HD de 46 polegadas, por exemplo, ficamos surpresos com a qualidade dos filmes reproduzidos nessa resolução ao nos posicionarmos em nosso sofá, entretanto, enxergamos diferentes pixels que formam a tela se chegarmos um pouco mais perto.

Os efeitos desta tecnologia de exibição são visíveis em várias funcionalidades dos aparelhos, mas em especial no texto, onde as bordas de fontes agora estão substancialmente mais lisas do que se tinha com tecnologias de visualização anteriores. Como outros dispositivos também ganharam Retina Displays, 326 pixels por polegada já não era o padrão. Por exemplo, o mini iPad tem uma tela de 1024 x 768, que, em seu tamanho de 7,9 polegadas, se traduz em 163 pixels por polegada. Apesar disto, esta, também, é uma tela de Retina Display.

A alta definição e qualidade da imagem da Retina Display, é oriunda de diversos fatores, tais como:

  • Maior densidade de pixels que compõem a tela do dispositivo.
  • Em relação aos modelos anteriores, possui taxa de contraste maior, trazendo brancos mais brilhantes e pretos mais profundos.
  • In -Plane Switching (IPS ), tecnologia para melhoramento do ângulo de visão.
  • Tela e iluminação de LED de vidro quimicamente tratado, para melhorar a qualidade da imagem.

Produtos

A Retina Display passou a ser usada pela Apple nos demais produtos da marca, que não se focou no uso desta tecnologia somente no iPhone. O iPhone 4 e o iPod touch 4 ª geração, por exemplo, oferecem uma resolução de 960 x 640 pixels, uma vez que ambos os dispositivos têm telas de 3,5 polegadas diagonais. Isso significa que eles oferecem 326 pixels por polegada.

É esta resolução - 326 pixels por polegada – alegada pela Apple inicialmente como o limite para o olho humano distinguir, pode ser alcançada, ainda, em uma tela relativamente pequena graças a pixels que são apenas 78 micrômetros de largura, de acordo com a própria Apple.

As Retina Displays estão disponíveis nos seguintes produtos:

  • iPhone 5
  • Quinta geração do iPod Touch
  • 4 iPad Generation
  • Terceira geração do iPad
  • iPhone 4S
  • iPhone 4
  • Quarta geração do iPod touch

Concorrentes

Desde o lançamento da Retina Display, a tela de alta resolução da Apple, vários outros fabricantes passaram a trabalhar pesado a fim de lançar produtos similares, pois, caso contrário, perderiam mercado. E, no que diz respeito a telas de alta definição e sofisticação, a renomada Apple terá de enfrentar a concorrente Samsung que, de acordo com fontes da Coreia do Sul, conseguiu atingir uma densidade de pixels impressionante em um display OLED.

Neste vídeo, são apresentados modelos da Samsung com seus novos displays.

 

Em seu novo display OLED, a marca utiliza a tecnologia Fine Metal Mask, usada para aumentar a densidade de pixels em telas de equipamentos portáteis. Segundo informações, consegui-se atingir, com este display, uma resolução de 350 pixels por polegada (contra 326, proposta pela Apple) e, caso esta informação proceda, poderão ser vistas uma quantidade de pixels mais elevadas em telas OLED nos smartphones.

Já, no que tange aos displays flexíveis de AMOLED, também da Samsung, os quais tratam-se de uma tela transparente e flexível, que poderão substituir, futuramente, os tablets como conhecemos hoje, por exemplo. E ainda, de acordo com a marca, estas poderão ser utilizadas tanto como relógios, quanto como estações de trabalho completas. Porém, sabe-se que esta tecnologia ainda deve demorar alguns anos para começar a ser utilizada na nova geração de produtos eletrônicos.

Veja neste vídeo uma pequena concepção do AMOLED Transparente e Flexível.

E aí, curtiu? Será que vale a pena pagar um pouco mais por esta tecnologia toda? Deixe seu comentário.

Mais sobre: oquee retinadisplay altaresolucao
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar