Por R$ 17 Bilhões, Microsoft compra divisão de smartphones da Nokia

Através de carta aberta entre os CEOs das empresas, a transação bilionária inclui a totalidade das patentes.

Por | @marciobohrer Negócios

Foi assim, sem cerimônia que a Microsoft anunciou uma compra bilionária na noite desta segunda-feira. A partir de hoje, todas as divisões ligadas a smartphones da Nokia são de propriedade da Microsoft. O valor firmado é equivalente a R$ 17 bilhões.

A aquisição por parte da Microsoft não chega a ser uma surpresa, afinal, a Nokia acreditou no Windows Phone 8 e incluiu o sistema operacional na grande maioria de seus smartphones. O SO ganhou espaço, mas não foi explosivo a ponto de ameaçar a hegemonia de Android e iOS. Assim como para a Microsoft, a Nokia também não conseguiu se reinserir no mercado competitivo dos aparelhos móveis.Por R$ 17 Bilhões, Microsoft compra divisão de smartphones da Nokia

A Microsoft, comandada ainda por Steve Ballmer, pretende agora alcançar um lugar expressivo no mercado de smartphones e, para isso, aposta suas fichas na linha Lumia – que tem os melhores aparelhos da Nokia.

Veja um trecho do e-mail enviado por Steve Ballmer:

Esta é uma aquisição inteligente para a Microsoft, e um bom negócio para ambas as empresas. Estamos recebendo incrível talento, tecnologia e IP. Nós todos vimos o fantástico trabalho que Nokia e Microsoft têm feito juntos. Dada a nossa longa parceria com a Nokia e os muitos líderes importantes Nokia que estão se juntando a Microsoft, esperamos uma transição suave e grande execução.  Como é sempre o caso de uma aquisição, a primeira prioridade é manter a condução através de uma estreita, o que podemos esperar no primeiro trimestre de 2014, após a aprovação pelos acionistas da Nokia, aprovações regulatórias e outras condições de fechamento.”

Junto com o anúncio da compra, a Nokia também informa a saída do executivo, Stephen Elop. O diretor-executivo da Nokia é um dos favoritos para assumir a cadeira do atual CEO da Microsoft, Steve Ballmer - que anunciou aposentadoria recentemente. Além de Elop, outros funcionários devem ser migrados para a compradora.

Cerca de 32.000 funcionários devem ser transferidos para as fábricas da Microsoft – que por sua vez, informou que vai criar um DataCenter na Finlândia (país sede da Nokia). Mesmo com a transferência desses funcionário é muito difícil que a Microsoft acabe com a marca "Nokia" nos próximos meses, uma vez que a marca da empresa finlandesa tem muita tradição e um alto valor no mercado, vale salientar que a Nokia liderou o mercado de celulares por 14 anos.

Os aparelhos celulares vendidos pela Nokia chegaram a ocupar 40% do mercado em 2007. Hoje os smartphones representam apenas 3%. Com 7 bilhões de dólares nos cofres, a Nokia segue no mercado de serviços e muito provavelmente ela continuará a dar suporte técnico e efetuará as atualizações de sistema da linha Lumia até tudo estar devidamente regularizado, pois a Microsoft comprou toda a divisão de dispositivos e serviços da empresa finlandesa, o que significa que ela comprou a marca e toda a atual estrutura física e humana da Nokia.

Mais sobre: Microsoft Nokia Ballmer
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo

Siga nossas contas no Twitter