Internautas recompensam Hacker que invadiu Facebook para relatar falha

Usuário comum cria arrecadação voluntária para recompensar o hacker que avisou o Facebook sobre falha.

Por | @marciobohrer Internet

Nesta semana você ouviu falar de que um hacker chamado Khalil Shreateh invadiu a página pessoal de Mark Zuckergerg para avisá-lo de um erro que estava acontecendo no Facebook. O bug relatado pelo usuário permitia que outras pessoas publicassem em seu mural sem que fossem donos da conta. Ignorado pelo programa de erros da rede social, ele decidiu deixar uma mensagem diretamente à Zuck.

“Primeiro, desculpa por invadir sua privacidade e postar no seu mural. Eu não tive escolha depois de todos os reportes que eu mandei para o time do Facebook”, escreveu Khalil no mural de Zuckerberg.

A empresa admitiu o erro, corrigiu e avisou Khalil que não iria recompensá-lo por ele ter invadido a privacidade e passar dos limites.

O diretor de segurança do Facebook, Joe Sullivan, tomou as rédeas da situação e disse que o Facebook não iria mudar sua prática de recusar o pagamento de recompensas a quem testa vulnerabilidades contra usuários.

“Infelizmente, nós não podemos pagar a você por essa vulnerabilidade porque suas ações violaram nossos ‘Termos de Serviço’. Esperamos, entretanto, que você continue a trabalhar conosco para encontrar mais vulnerabilidades no site.” Respondeu a empresa via e-mail.

As declarações movimentaram os internautas que decidiram criar um fundo de arrecadação para recompensar Khalil pelo feito. Utilizando o site Gofoundme, a meta de 10 mil dólares foi batida em menos de 24h e, até o momento já somam mais de US$ 11 mil.

Além de fica famoso, Khalil Shreateh recebeu uma bela recompensa pelo feito.Internautas recompensam Hacker que invadiu Facebook para relatar falha

Mais sobre: Facebook, hacker, bug
Share Tweet
DESTAQUESRecomendado
Mais compartilhados
Comentários