Google pede à justiça dos EUA para divulgar pedidos de informações

Após vazamento sobre programa de vigilância dos EUA, o Google solicita junta a uma das cortes especiais dos Estados Unidos, que essa libere o site a divulgar uma série de solicitações de informações que recebeu.

Por | @oficinadanet Internet

De acordo com informações da agência de notícias AFP, o Google efetuou um pedido junto a uma das cortes especiais dos Estados Unidos que cuida de casos de segurança nacional, para que ela possa divulgar uma série de solicitações de informações que recebeu. Um dos porta-vozes do maior site de buscas do mundo, declarou o seguinte em um comunicado a imprensa: “Hoje solicitamos a corte de vigilância de inteligência externa, que nos permitam revelar a soma de solicitações de segurança nacional”.

Ainda em relação a este comunicado o porta-voz ainda diz que: “Entretanto, será necessária uma transparência maior, para que possamos agrupar as solicitações de segurança nacional com as solicitações criminais, da mesma forma como tem sido permitido a algumas outras companhias”, acrescentou.

O Google também informou que está a espera de que a mesma corte emita uma sentença, ao qual permitirá a publicação de estatísticas limitadas dos pedidos de informação. Na petição enviada pelo Google, está descrito que: “A reputação e os negócios do Google tem sido afetado por relatórios falsos e enganosos nos meios de comunicações e os usuários da nossa empresa estão preocupados com estas alegações”.

Baseada na Constituição Norte Americana, o Google ainda declarou que está apenas solicitando que a corte afirme o direito da empresa no âmbito da Primeira Emenda da Constituição dos Estados Unidos a publicar tais informações.

Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar