Kodak se desfaz de parte de divisão

A Kodak está negociando parte dos ativos da divisão “document imaging” com a japonesa Brother pelo valor de US$ 210 milhões

Por | @RafaelaPozzebon Negócios

A Kodak está negociando parte dos ativos da divisão “document imaging” com a japonesa Brother pelo valor de US$ 210 milhões. No acervo há equipamentos para digitalização, bem como software de captura de imagens e serviços técnicos.

De acordo com um comunicado oficial, a transação deverá finalizar até setembro.  Na negociação também está envolvido o pagamento de US$ 67 milhões em dívidas da Kodak, que busca sua recuperação judicial após o pedido de falência feito no ano passado.

De acordo com Antonio M. Perez, CEO da Kodak, o acordo é "mais um passo emergencial que segue a estratégia traçada para o futuro da empresa". Segundo ele, a venda para a Brother representará "excelentes resultados para os consumidores e funcionários".

A negociação anunciada nesta segunda-feira (15) faz parte do grande esforço da Kodak em se desfazer de ativos que geram apenas prejuízo. No início do ano a companhia colocou à venda mais de mil patentes, disse o Wall Street Journal.

A Kodak contabilizou nos últimos três últimos meses um prejuízo de US$ 402 milhões. No mesmo período do ano anterior foi de US$ 117 milhões.  O motivo para tudo é a queda de 24% nas suas vendas.

Mais sobre: Kodak, Brother, venda
Share Tweet
DESTAQUESMais compartilhados
Comentários
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar