Autoridade dos EUA diz que ataques virtuais denigrem imagem da China

Nesta terça-feira (9), uma autoridade sênior dos Estados Unidos disse que os ataques virtuais praticados pela China contra os EUA acabam denegrindo a imagem do país

Por | @oficinadanet Internet

Nesta terça-feira (9), uma autoridade sênior dos Estados Unidos disse que os ataques virtuais praticados pela China contra os EUA acabam denegrindo a imagem do país. Com isso, potenciais investidores estrangeiros, por medo de perderem sua propriedade intelectual, estão deixando de investir na China.

De acordo com Robert Hormats, sub-secretário de Estado dos Estados Unidos para o crescimento econômico, energia e meio ambiente, o número crescente de ataques hackers praticados pela China contra os EUA fez com que o governo e também os negociantes ficassem desconfiados do país.

Vale lembrar que a China sempre nega qualquer ataque virtual contra os EUA, e ainda se diz vítima de uma campanha virtual do país presidido por Barack Obama.

"As invasões virtuais são particularmente intrigantes porque obtiveram tanta visibilidade ultimamente que tal destaque tem minado muito a confiança dos negócios de pessoas que de outra maneira investiriam aqui", disse Hormats à Reuters.

"Então afeta os interesses chineses", disse ainda ele após ministrar uma palestra no fórum da indústria de Internet EUA-China. "Os chineses realmente precisam olhar sobre isto e decidir se é do seu interesse que essas políticas continuem".

Conforme ainda Hormats, é muito difícil determinar a origem dos ataques virtuais, porém, de acordo com um relatório publicado em fevereiro deste ano, muitos ataques contra os EUA são provenientes da China.

Mais sobre: ataque hacker EUA China
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo