Pirataria online não prejudica vendas digitais

De acordo com uma pesquisa recente do IPTS (Instituto de Prospecção de Estudos Tecnológicos), da União Europeia, publicada em março de 2013, o download ilegal de músicas não afeta as vendas na internet.

Por | @oficinadanet Internet

De acordo com uma pesquisa recente do IPTS (Instituto de Prospecção de Estudos Tecnológicos), da União Europeia, publicada em março de 2013, o download ilegal de músicas não afeta as vendas na internet, bem ao contrário, certos formatos de ouvir músicas acabam inclusive, até impulsionando o rendimento nas lojas. Leia também: O que é pirataria?

"A maioria da música que é consumida ilegalmente não teria sido comprada legalmente se os sites de download ilegal não estivessem disponíveis", segundo o estudo.

Pirataria online não prejudica vendas digitais

Leia também:

“Nossas descobertas sugerem que a pirataria de música digital não deveria ser vista como uma preocupação crescente para os detentores de direitos autorais na era digital”, disseram os pesquisadores Luis Aguiar e Bertin Martens.

Os pesquisadores não conseguiram encontraram uma ligação entre o aumento da pirataria com o esvaziamento na atividade de sites legais de vendas de músicas on-line. Leia também: 10 dicas de segurança para iniciantes.

Para o estudo foram analisados os hábitos de navegação de 16 mil pessoas da Europa. Assim, conforme o resultado, o aumento de 10% no número de cliques em sites de download ilegal acabaram resultando em um aumento de 0,2% no número de cliques em sites legais.

"Se a essa estimativa for dada uma interpretação causal, isso significa que os cliques em sites de compra legal teriam sido 2% menor na ausência de sites de download ilegal", de acordo com o estudo. 

Mais sobre: pirataria músicas vendas
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar