Aos apaixonados e viciados em reality shows: tem novidade na área! Depois de Casamento às Cegas e Brincando com Fogo serem sucessos em território brasileiro, a Netflix lançou uma nova produção, que promete abalar corações. Afinal, o que é preciso para encontrar o crush perfeito?

A novidade no entretenimento da plataforma é uma versão "made in Brazil" do reality americano Dating Around, também da Netflix. O reality pretende resgatar o velho jeito de se conhecer um par romântico (o que, convenhamos, não é uma tarefa fácil hoje em dia!). Apesar das diversas plataformas direcionadas para essa questão - alô, apps de namoro -, o verdadeiro match só acontece mesmo quando o encontro é na vida real.

Se ficou curioso, entenda um pouco mais sobre a nova produção: a série vai acompanhar seis pessoas solteiras, de diferentes gêneros e orientações sexuais, em busca de um novo amor em uma das maiores capitais brasileiras, São Paulo. Cada um deles vai à cinco encontros às escuras e encontra pessoas com perfis e estilos completamente diferentes.

O resultado: um verdadeiro caleidoscópio romântico, onde, segundo a própria Netflix, é possível acompanhar o surgimento de conexões reais, friendzone e, para decepção dos espectadores (ou não), puro estranhamento entre os participantes. Mas, se o cupido colaborar e um dos crushes for realmente perfeito, pode rolar o segundo encontro em algum lugar icônico da cidade - já fica a dica para quem mora ou quer conhecer São Paulo.

Confira também:

O Crush Perfeito estreia na Netflix na sexta-feira, 10 de julho. Confira o trailer:

Às cegas

Falando em encontro às cegas, quem curte um reality de relacionamento também pode ficar de olho: em breve, mas ainda sem data de estreia, a Netflix deve lançar a versão brasileira de Casamento às Cegas! Para quem não conhece, a série, que também já foi lançada em versão americana, promove encontros entre pessoas solteiras que, se encontrarem um par ideal, casam em 30 dias. É isso mesmo, às cegas e às pressas.

E, ainda tem um agravante: eles só podem ouvir a voz um do outro enquanto os encontros acontecem, sem ver a outra pessoa. Ficam frente a frente e conhecem o rosto do par somente depois do pedido de casamento. A ideia é provar que o amor pode ser cego (como o nome já sugere).

Depois, ainda precisam descobrir se a conexão emocional também pode ser física e preparar um casamento em pouquíssimo tempo. Loucura ou não, a produção americana foi sucesso no Brasil e, por isso, é esperada a versão com participantes brasileiros para 2021.