Samsung apresenta recurso contra a Apple e a batalha judicial continua

Batalha judicial entre Samsung e Apple continua. A Samsung se recusa a pagar o valor estabelecido pela justiça e entra com recursos, nova data deve ser estabelecida para novo julgamento.

Por | @fsbeling Negócios

Nesta segunda-feira (23) a Samsung saiu em vantagem dando entrada a um pedido de revisão de valores a serem pagos a Apple em um processo em que é acusada de copiar o design e a usabilidade dos iPhones na linha Galaxy.

Em 2011, a ação foi movida pela Apple sobre a linha Galaxy S. A empresa de Cupertino acusou a Samsung de ter roubado a forma básica de seus smartphones, assim como a interface e os elementos de conectividade.

Batalha judicial entre as duas companhias continuaBatalha judicial entre as duas companhias continua

Sendo assim, em 2012 a Samsung passou a ser condenada a efetuar um pagamento de US$ 1 bilhão à Apple. Entretanto, novos recursos e novas evidencias fizeram com que o processo se prolongasse. No início deste ano, o processo que a princípio teria chegado ao fim, com a sentença definitiva de US$ 400 milhões a serem pagos pela Samsung, tomou outro rumo quando a companhia entrou com recursos.

A Samsung até chegou a admitir a inspiração nos produtos na rival Apple, mas salientou que as alegações feitas pela rival dizem respeito as características básicas de qualquer outro dispositivo, que não deveriam ser consideradas propriedades de uma ou de outra companhia. O valor que a Samsung teria que pagar foi calculado com base nas vendas dos smartphones da linha Galaxy desde o seu lançamento, com base nas parcelas de tecnologias proprietárias da rival a serem empregadas pela empresa sul-coreana.

A juíza Lucy Koh, responsável pelo caso, da corte da Califórnia, determinou um prazo para que as duas empresas entre um consenso e definam uma nova data para julgamento, que deve ser informado até a próxima quarta-feira (25), devendo acontecer ainda neste ano. Mesmo assim, ainda não se tem garantias de que a disputa entre as duas companhias seja resolvida em 2017.

Mais sobre: justiça recurso Apple
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Destaquesver tudo