Estagiário da Nasa de 17 anos descobre planeta com dois sóis

Um novo planeta 6,9 vezes maior que a Terra foi descoberto por um adolescente que nem sequer se formou no ensino médio, mas teve a oportunidade de estagiar no Goddard Space Flight Center da NASA.

Por NASA Pular para comentários
Estagiário da Nasa de 17 anos descobre planeta com dois sóis

O jovem Wolf Cukier de 17 anos, passou de estagiário a herói da Nasa. O estudante do ensino médio em Nova York teve a oportunidade de estagiar no Centro de Vôos Espaciais Goddard em Greenbelt, Maryland. E o mais surpreendente é que no seu terceiro dia de estágio, ele descobriu um novo planeta, chamado agora de "TOI 1338-b". A descoberta se deu enquanto o jovem observava um sistema solar a cerca de 1.300 anos-luz da Terra.

Dados publicados pela NASA revelaram que o planeta, que se acredita ser o único corpo planetário no sistema solar TOI 1338, orbita suas estrelas em 95 dias. As próprias estrelas orbitam-se a cada 15 dias, fazendo com que o TOI 1338-b experimente eclipses estelares regulares. Embora uma das estrelas seja aproximadamente 10% maior que o sol da Terra, a NASA diz que o outro sol é mais frio, mais escuro e possui apenas um terço da massa solar.

"O que é interessante neste planeta em particular é que há duas estrelas em órbita", disse Cukier. "A idéia é que temos um telescópio que apontava para essas estrelas e o planeta passou entre essas estrelas e o nosso telescópio", explicou o jovem de 17 anos, contando sua experiência. "E, assim como quando a lua eclipsa o sol, cria uma diminuição da luz dessas estrelas. O que fizemos foi que eu notei o escurecimento, e isso era evidência de que algo estava lá e que era um planeta."

De acordo com o adolescente, dados recentemente obtidos da missão Transiting Exoplanet Survey Satellite (TESS) tornaram possível examinar esses sistemas distantes que estavam anteriormente ocultos, devido a restrições tecnológicas.

Cukier contou em uma entrevista à ABC News que, embora tenha feito sua descoberta durante o terceiro dia de seu estágio, o trabalho a confirmação foi bastante trabalhosa.

"Eu tinha muitos dados em minhas anotações naquele dia sobre extremidades nos sistemas binários... mas quando vi esse, coloquei 10 asteriscos ao lado", disse ele. "Nossa confiança ia e voltava, mas até o final do estágio, estávamos confiantes de que o que descobrimos era um planeta."

Cukier e a pesquisa da equipe não apenas marcaram a primeira descoberta confirmada de um planeta circumbinário para o programa TESS, mas seu trabalho também foi apresentado recentemente em um painel durante a 235ª reunião da Sociedade Astronômica Americana em Honolulu, Havaí, em 6 de janeiro.

Jovem pretende publicar um artigo sobre a descoberta na Nasa

O jovem de 17 anos disse à ABC que planeja manter contato com a NASA para continuar sua pesquisa, além de estar a procura de revistas científicas que queiram publicar seu artigo relacionado à descoberta.

"Pesquisas futuras envolveriam a descoberta de mais planetas", disse ele. "Não temos uma amostra grande de planetas do sistema binário".

Recomendamos ler:

Acompanhe as últimas notícias de tecnologia aqui no Oficina da Net. Sempre trazendo conteúdos novos e produtos interessantes.

Comentários:
Carregar comentários