Snapchat e Zoológico alemão realizam projeto de conscientização em realidade aumentada

O projeto mostra como vamos interagir com animais em extinção em um futuro próximo, sendo possível ver tais espécies somente em realidade virtual ou aumentada.

Por Redes sociais Pular para comentários
Snapchat e Zoológico alemão realizam projeto de conscientização em realidade aumentada

O Snapchat e o Zoológico da cidade de Colônia, Alemanha, firmaram uma parceria cujo resultado é impactante. Até o dia de hoje, os visitantes do zoológico (Cologne Zoo) podem interagir com animais hoje em extinção como se estivéssemos no futuro, e um futuro sombrio e nada distante. Pelo uso de tecnologia de realidade aumentada, os visitantes do parque zoológico encontram alguns habitats vazios, em específico os elefantes asiáticos, os tigres siberianos e os criticamente ameaçados de extinção: crocodilos filipinos, com cerca de apenas 100 animais que ainda vivem em estado selvagem.

Essas espécies estão ausentes fisicamente, sendo substituídos por uma instalação de realidade virtual, contanto apenas com um cartaz do animal que os usuários leem via Snapchat, e através dos seus smartphones, os animais são inseridos no espaço assim como acontece em Pokémon Go.

Elefante em RA - Snapchat INCElefante em RA - Snapchat INC

"Com essa lente, queremos mostrar às pessoas o futuro sombrio se o trabalho de zoológicos e esforços de conservação como os que apoiamos no zoológico de Colônia falharem e esses animais deixarem de existir" disse Liane Siebenhaar, líder de estratégia criativa D-A-CH (Alemanha, Áustria e Suíça) da Snap Inc, que fez parte da equipe que trabalhou neste projeto na Alemanha.

"Como mãe, naturalmente me pergunto em que mundo quero que minha filha cresça. Um futuro em que você depende da tecnologia para ver animais que deveriam existir na vida real não seria a versão que eu escolheria" conclui Liane.

A iniciativo conta ainda com coleta de doações para diversos projetos que visam a preservação dessas e outras espécies ameaçadas. Mas acima de tudo, o projeto serve como um grande aprendizado do que nos resta se seguirmos nesse rumo de destruição desenfreada dos ecossistemas. Um futuro onde poderemos interagir somente virtualmente com esses animais, pois nem um único indivíduo da espécie estará vivo.

"Agradecemos ao Snap pela grande ação. Os zoológicos coordenam programas de criação de mil espécies diferentes em todo o mundo. Quase metade das espécies gerenciadas dessa maneira estão listadas como ameaçadas de extinção na Lista Vermelha da União Mundial de Conservação (IUCN)." Afirmam os membros do conselho do Zoológico de Colônia, os professores Theo B. Pagel e Christopher Landsberg.

"O objetivo é garantir populações geneticamente variáveis e viáveis em mãos humanas e disponibilizar animais para reintrodução sempre que possível. Este compromisso por parte de zoológicos em todo o mundo já permitiu espécies como bisontes, condores californianos, estorninho de bali, cavalos de Przewalski e antílopes de zibelina serem salvas da extinção" completam os professores.

Compartilhe com seus amigos:
Bruno Ignacio de Lima
Bruno Ignacio de Lima Jornalista, gamer e geek. Louco por tecnologia. Redator de smartphones e novidades tecnológicas aqui no Oficina da Net
Quer conversar com o(a) Bruno, comente:
Carregar comentários
Últimas notícias de Redes sociais