Bill Gates deixa o conselho da Microsoft

O co-fundador da Microsoft, Bill Gates, deixa o cargo 45 anos depois de fundar a Microsoft. Agora utilizará seu tempo para empreendimentos filantrópicos.

Bill Gates deixa o conselho da Microsoft

Pouco mais de 20 anos depois de deixar o cargo de CEO da Microsoft e seis anos depois de renunciar ao cargo de Presidente do Conselho, o co-fundador da Microsoft, Bill Gates, renunciou ao Conselho de Administração da Microsoft.

Bill Gates, com 64 anos, está deixando o conselho para dedicar mais tempo a empreendimentos filantrópicos. Em declaração publicada no LinkedIn o co-fundador da Microsoft deixou bem claro que não está nem de longe, pensando em parar de trabalhar.

"Tomei a decisão de me afastar dos dois conselhos públicos em que sirvo - Microsoft e Berkshire Hathaway - para dedicar mais tempo às prioridades filantrópicas, incluindo saúde e desenvolvimento globais, educação e meu crescente envolvimento no combate às mudanças climáticas". Gates escreveu em um post no LinkedIn anunciando a decisão. "A liderança das empresas de Berkshire e da Microsoft nunca foi tão forte, então é a hora certa de dar esse passo".

Bill Gates fundou a Microsoft em 1975 com Paul Allen, e seu primeiro produto foi o Altair BASIC. Seu produto inovador foi o Windows, que se tornou o sistema operacional de desktop mais usado no mundo.

Bill Gates conduziu a empresa durante um período de grande crescimento, mas também preparou a mesa para seu sucessor, Steve Ballmer, para lidar com questões antitruste.

A Microsoft foi encontrada por ambos os norte-americanos e europeus reguladores para ter abusado da sua posição dominante no mercado para ambos os navegadores e sistemas operacionais na década de 2000, o que resultou em multas e decretos de consentimento.

Em 2000, Gates usou US$5 bilhões de sua fortuna pessoal para lançar a Fundação Bill e Melinda Gates, que se tornou um dos maiores empreendimentos filantrópicos do mundo.

"Em nome de nossos acionistas e do Conselho, quero expressar meu profundo agradecimento a Bill por todas as suas contribuições à Microsoft. Como membro do Conselho, ele nos desafiou a pensar grande e depois a pensar ainda maior. Ele deixa um legado duradouro de curiosidade e insight que serve de inspiração para todos nós ", disse John W. Thompson, presidente do conselho independente da Microsoft.

Tech Mobile: Inscreva-se!

O nosso novo canal de smartphones surgiu, veja o que preparamos para você que gosta de celulares!

Comentários
Minha foto
Insira um comentário