Por que o Windows 10 diz que sua rede Wi-Fi "não é segura"?

O Windows 10 agora avisa que uma rede Wi-Fi não é "segura" se usar "um padrão de segurança mais antigo que expira". O Windows 10 avisa sobre o WEP e o TKIP. Este é o significado desta mensagem e como ela pode ser corrigida.

Por | @oficinadanet Microsoft Pular para comentários

Um novo recurso do Windows 10 informa o usuário quando uma rede Wi-Fi "não é segura", e isso ocorre quando usa "um padrão de segurança mais antigo que foi eliminado", e isso está relacionado com o WEP e o TKIP. Não entendeu? Calma, aqui neste artigo você vai entender e saber como corrigi-lo.

A partir da atualização de maio de 2019, o Windows 10 pode exibir uma mensagem dizendo que sua rede não é segura, mesmo que você esteja usando um Wi-Fi com senha. Se você ver esta mensagem, provavelmente está usando a criptografia Wired Equivalent Privacy (WEP) ou o Temporal Key Integrity Protocol (TKIP). Essas criptografias não são completamente seguras, e é ideal que você atualize para um protocolo mais novo, ou substitua seu roteador o mais rápido possível.

Por que o Windows 10 diz que sua rede Wi-Fi "não é segura"?

Você provavelmente sabe que precisa proteger sua rede Wi-Fi com uma senha. Seja para que pessoas sem autorização não utilizem sua rede, ou para que hackers não invadam a sua privacidade cibernética, é melhor proteger a sua rede. Mas quando você adiciona uma senha ao seu roteador Wi-Fi, não está apenas mantendo intrusos longe da sua rede. O protocolo de segurança criptografa seus dados, e impede que qualquer pessoa na mesma área veja o que você está fazendo.

Existem vários métodos de criptografar sua rede Wi-Fi: WEP, WPA e WPA2. O WPA3 está a caminho. O WEP é o mais antigo e menos seguro nesta fase. A Wi-Fi Alliance ratificou o protocolo WEP em 1999, tornando o padrão mais antigo que o Windows XP, YouTube e o iPod original utilizavam. O WPA-TKIP foi aprovado em 2002.

O Windows avisa sobre essas redes, alertando-o da seguinte forma:

[Nome da rede] não é seguro
Essa rede Wi-Fi usa um padrão de segurança antigo que foi eliminado. Recomendamos que você se conecte a outra rede.

Por que o WEP e o TKIP são perigosos?

Infelizmente, apesar da sua idade, WEP e WPA-TKIP ainda são bastante comuns.  Quando o protocolo de criptografia foi lançado, a maioria dos dispositivos tem criptografia WEP limitada de 64 bits, devido aos regulamentos dos EUA.

O WPA, em comparação, usa criptografia de 256 bits. Pior ainda, várias falhas no protocolo foram descobertas ao longo do tempo, tornando a criptografia mais fácil de decifrar. Em 2005, o FBI demonstrou sua capacidade de descriptografar a criptografia WEP em apenas alguns minutos.

A aliança Wi-Fi pretendia substituir o WEP pelo WPA-TKIP, mas infelizmente o novo protocolo usa muitos dos mesmos mecanismos. Devido a essa escolha, os dois protocolos também compartilham muitas das mesmas vulnerabilidades. Um método para invasão da rede geralmente funciona com o outro. Portanto, o TKIP não é mais seguro de usar que o WEP.

Sabendo de tudo isso, a Microsoft gostaria de avisá-lo se você estiver usando WEP ou TKIP, você deveria repensar. Isso é especialmente importante porque, em última análise, a Microsoft está considerando excluir ou mesmo "depreciar" o suporte ao protocolo. Nesse caso, as versões mais recentes do Windows 10 não poderão se conectar a essas redes.

Como corrigir o erro no seu Wi-Fi

Se você ver esta mensagem ao se conectar a uma rede Wi-Fi pública, não poderá repará-la. O proprietário do roteador deve repará-lo. É por isso que o Windows recomenda conectar-se a outra rede.

Se você ver esta mensagem quando conectar à sua rede Wi-Fi, tem de ativar uma encriptação Wi-Fi mais potente. Se o seu roteador for relativamente novo, ele terá outras opções, como o WPA2 com o AES, e você deverá alternar para ele. Infelizmente, quase todas as páginas de administração do roteador são diferentes, por isso é difícil fornecer instruções para fazer essa alteração. Você pode configurar seu modelo de roteador consultando o manual.

Você deve encontrar o endereço IP do seu roteador e inserir no seu navegador. Em seguida, procure as configurações de segurança de Wi-Fi. Preste atenção para seções em WEP ou senhas. Se você está se perguntando o que selecionar, recomendamos que escolha primeiro WPA2 + AES, se estiver disponível e, se não, escolha WPA + AES.

O rótulo na caixa de diálogo do seu roteador pode ser um pouco diferente, mas todas essas letras devem estar lá. WPA2 + AES poderia, por exemplo, parecer com "WPA2-PSK (AES)". Depois que a alteração for feita, você precisará atualizar a senha em todos os seus dispositivos (mesmo se você usar a mesma senha de antes).

Atualize seu roteador se você não puder aumentar a criptografia

Se você não encontrar uma opção melhor do que WEP ou TKIP, substitua o roteador o mais rápido possível, e não deve custar muito. Não importa como você pare de usar WEP ou TKIP, quanto mais rápido você resolver o problema, melhor. 

Não só você se encontrará em uma posição vulnerável, confiando em um protocolo de segurança desatualizado, como os seus dispositivos com Windows 10 eventualmente deixarão de se conectar à rede. É melhor evitar esse cenário e proteger sua rede agora mesmo.