Oficina da Net Logo

Microsoft encerra suporte ao Windows 7 em processadores antigos

A decisão de encerrar com o suporte pode estar relacionada aos incidentes de falhas críticas de segurança apelidadas de Meltdown e Spectre.

Por | @oficinadanet Microsoft

Com o aumento do número de usuários do Windows 10, é natural que a Microsoft concentre os seus esforços no novo sistema e acabe deixando de lado as versões mais antigas, como o Windows 7.

A companhia havia prometido oferecer atualizações de segurança para o Windows 7 até 2020, porém, o ZDnet informou que o último update do sistema acabou removendo o suporte a processadores antigos que não oferecem compatibilidade com a tecnologia "Streaming Single Instruction Multiple Data Extensions 2" (SSE2). Isso quer dizer que os processadores da linha Pentium III e outros modelos mais antigos de CPUs da Intel perderam suporte ao sistema operacional.

A SSE2 foi inaugurada juntamente com os processadores Pentium 4 no final de 2000, o que viabilizava a execução de múltiplas tarefas de modo simultâneo. A partir de então, o suporte à tecnologia foi mantida em todos os processadores posteriores da marca.

Microsoft encerra suporte ao Windows 7 em processadores antigos.Microsoft encerra suporte ao Windows 7 em processadores antigos.

Leia também:

A decisão de encerrar com o suporte pode estar relacionada aos incidentes de falhas críticas de segurança apelidadas de Meltdown e Spectre, que foram solucionadas apenas nos produtos mais recentes da Intel, deixando os modelos mais antigos vulneráveis aos exploit.

Considerando que os processadores que não serão mais compatíveis com o Windows 7 já contam com 20 anos ou mais de participação no mercado, a recomendação é que os usuários realizem um upgrade para um computador atualizado e ainda usem versões mais recentes do sistema operacional da Microsoft.

Por fim, é válido mencionar que não habitual que a Microsoft abandone o suporte a sistemas operacionais antes do prazo anunciado. De qualquer modo, as políticas da empresa permitem a situação. “Produtos antigos podem não alcançar os requisitos de segurança mais exigentes de hoje. A Microsoft pode não ser capaz de oferecer atualizações de segurança para produtos antigos”, dizem os termos de serviço.

Comentários
Carregar comentários