Oficina da Net Logo

Falha de segurança permitia que Cortana fosse usada para invasão de computadores

Para executar o projeto não é tão simples assim, tanto que a falha de segurança pode ser explorada somente com a presença física do hacker.

Por | @oficinadanet Microsoft

A Microsoft, ao longo do tempo, vem se esforçando para tornar a sua assistente pessoal, a Cortana, mais proativa. Com isso, a ideia é concorrer diretamente com o Google Assistente. Para aperfeiçoar o seu funcionamento, a gigante de Redmond sempre procura adicionar novas funções e investir na aquisição de empresas com soluções prontas para serem incorporadas.

Porém, ao que tudo indica, a Cortana pode ser utilizada para outros fins. Conforme um relatório divulgado pela McAfee, uma vulnerabilidade presente no Windows 10 permite que a assistente seja utilizada para invadir computadores.

Cortana usada para invadir computadoresCortana usada para invadir computadores

De acordo com o que foi revelado, com algumas frases certas, a Cortana consegue dar acesso a computadores bloqueados, bem como executar programas mal-intencionados e até mesmo alterar a senha do usuário. Para piorar a situação, a brecha pode ser explorada sem internet.

Felizmente, para executar o projeto não é tão simples assim, tanto que a falha de segurança pode ser explorada somente com a presença física do hacker. O funcionamento se dá através de duas brechas de segurança no Windows 10:

“Uma é baseada em quanto o Windows indexa arquivos, até mesmo seu conteúdo. A outra é a maneira inconsistente e insegura que a Cortana pode apresentar resultados de busca e ações relacionadas a esses resultados. A Cortana pode ser instruída a executar um script mal-intencionado em uma unidade USB que alterará a senha do usuário e permitirá que outra pessoa faça login na conta.”

A Microsoft, felizmente, já corrigiu as brechas de segurança na última atualização cumulativa lançada para Windows 10. De qualquer forma, todo cuidado ainda é pouco, já que acredita-se que a empresa possa acabar desativando o uso da Cortana na tela de bloqueio do sistema. A informação, vale mencionar, ainda não foi confirmada pela Microsoft.

MAIS SOBRE: #Microsoft  #segurança  #cortana  #windows10
Comentários
Carregar comentários