Skype enfrenta instabilidades nesta sexta-feira

Logo cedo, a Microsoft, que é detentora do Skype, afirmou que estava trabalhando para solucionar o problema.

Por | @oficinadanet Microsoft

Um dos serviços de comunicação mais usados no mundo todo, o Skype, enfrentou problemas nesta sexta-feira. No Brasil, a plataforma é bastante conhecida, porém, menos usada se comparado com outros locais do mundo, principalmente no setor empresarial. Deste modo, quando o serviço apresenta algum problema, várias pessoas do mundo todo acabam sendo prejudicadas.

Nesta sexta-feira (27), o programa acabou enfrentando graves instabilidades, inclusive deixando de funcionar por vários momentos na parte da manhã. No geral, as mensagens não estavam sendo envidas e também recebidas.

Skype enfrenta instabilidades nesta sexta-feira.Skype enfrenta instabilidades nesta sexta-feira.

Leia também:

Logo cedo, a Microsoft, que é detentora do Skype, afirmou que estava trabalhando para solucionar o problema, porém, pouco tempo após acabou soltando uma nota na página de suporte. Confira:

“Ativo

Identificamos um incidente que afeta nossos serviços e estamos ativamente investigando.

Tempo de atualização:
26 de abril de 2018, 9:28 AM por Leonas
Hora de início:
26 de abril de 2018, 9:00

 Serviços afetados: mensagens instantâneas

Descrição

Alguns usuários podem estar com problemas com mensagens instantâneas (chat). Pode haver atrasos no envio ou sincronização de mensagens.”

De acordo com relatos, a instabilidade foi realmente de grande proporção. Em alguns momentos aparece uma mensagem como aguardando, após aparece como enviada, após alguns minutos aparece como enviando ainda.

A última nota da Microsoft diz que a falha de hoje não está ligada à desativação do serviço de VoIP que aconteceu recentemente no Brasil.

“Dia 9 de maio, a Skype chegou a um acordo com o GT Group (basedo em  São Paulo), para nos ajudar a reestabelecer o serviço para os assinantes de Número Online já existentes, por meio desse novo parceiro. Pedimos desculpas pela interrupção nas conversas de nossos usuários, e estamos trabalhando com o GT Group e as autoridades locais para que a situação volte ao normal assim que possível.”

SHARE
Comentários
Você precisa lerver tudo
Mais recentesver tudo
 
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail