De acordo com a StatCounter no mês que acabou de terminar, março de 2020, a Apple teve um aumento de participação no mercado brasileiro de 1%, enquanto a Samsung teve o mesmo percentual de queda.

Para entender melhor esses números, que parecem ser pequenos, principalmente pela liderança isolada da Samsung, mostram que a política de preços da sulcoreana não foi bem aceito aqui no Brasil, em meio às incertezas do mercado nacional.

Sabemos que Apple é sinônimo de preços altos, definitivamente essa é uma das heranças deixadas por Steve Jobs dentro da empresa. Manter a política de preços alta e, para usuários Apple, isso sempre foi uma realidade que mesmo dolorida, os fãs estavam e seguem dispostos a bancar.

Market Share smartphones em março de 2020
Market Share smartphones em março de 2020

Market share de smartphones no Brasil em março de 2020:

  1. Samsung - 45.16% (- 1,05%)
  2. Motorola - 21.92% (-0,42%)
  3. Apple - 13.68% (+1,37%)
  4. Xiaomi - 7.09% (+0,37%)
  5. LG - 6.55% (-0,11%)
  6. Asus - 2.56% (+0,02%)

O destaque ficou pela Xiaomi que assumiu a 4ª colocação no ranking das fabricantes de smartphones, posto até fevereiro ocupado pela LG.

Preços Apple?

Nenhuma outra empresa no mercado mundial, até meados de 2019, chegou a trazer ao mercado smartphones com preços semelhantes aos da Apple para seus iPhones. Mas isso começou a mudar e parece não ter surtido o efeito esperado. Pois quando comparamos especificações e o que o smartphone entrega, acabamos caindo naquela máxima do "pra que pagar isso tudo se um que custa a metade faz o mesmo".

É quase um mantra entre os usuários Android, a Xiaomi, por exemplo, descobriu isso da pior forma. Afinal de contas, mesmo com mais de uma loja oficial no mercado nacional, a grande parte dos usuários da marca, optam por comprar smartphones da marca no mercado cinza, onde a garantia na maioria das vezes é de 3 meses e a assistência técnica é por conta do usuário.

Embora as informações sobre garantia possam mudar de loja para loja, nas lojas oficiais da marca existe amparo legal, de garantia e assistência em todo território nacional.

O resultado são as lojas oficiais com muita gente e poucas vendas e lojas on-line e de stands, com muita gente e muita venda. Por isso o gráfico mostra a curva ascendente para a gigante chinesa, tanto que ela ultrapassou a LG.

Ao contrário da Xiaomi, a Samsung além de trazer ao mercado a nova linha Galaxy S20 com preços de iPhone, o que não agradou os usuários, adotou também determinadas medidas para minimizar o impacto da COVID-19 em seus funcionários, dando férias coletivas e freando algumas linhas de produção.

Então o cenário atual para a Samsung, pelo menos em março é de queda. Definitivamente isso não deve ter sido visto com bons olhos pela empresa. Isso fica mais claro, quando começamos a ver ofertas da nova série Galaxy S20 com descontos de até R$1.000,00 e direito ao cashback em algumas grandes lojas on-line.

  • Samsung Galaxy S20 Cinza, com Tela Infinita de 6,2, 4G, 128GB, Câmera Tripla de 64MP+12MP+12MP - SM-G980FZAJZTO Fast Shop R$ 4.049,15 Ver oferta
  • Samsung Galaxy S20 128Gb Cosmic Gray 4G Tela 6.2 Pol. Câmera Tripla 64Mp Selfie 10Mp Android 10 Carrefour R$ 4.499,00 Ver oferta
  • Samsung Galaxy S20 128GB Dual Chip 8GB RAM 4G Tela Infinita de 6.2 Cloud Pink Girafa* R$ 4.811,62 Ver oferta