Visa, Mastercard e outros apoiadores estão reconsiderando seu envolvimento na rede Libra do Facebook

Alguns dos apoiadores da Libra do Facebook, vem se manifestando contra os pedidos do Facebook para apoiar publicamente o projeto.

Por Mercado Tech Pular para comentários
Visa, Mastercard e outros apoiadores estão reconsiderando seu envolvimento na rede Libra do Facebook

Tudo indica que o whitepaper divulgado em junho de 2019, não contava toda a história, ou pelo menos foi lá que os problemas começaram.

Apoiadores listados anteriormente lá, agora parecem estar dando um passo atrás no apoio ao Facebook para a criação da Libra.

A Visa Inc., a Mastercard Inc. e alguns outros parceiros financeiros que se inscreveram para ajudar a construir e manter a rede de pagamentos Libra estão reconsiderando seu envolvimento após funcionários do governo americano e europeu demonstrarem certa preocupação com o projeto, segundo pessoas familiarizadas com o assunto.

A preocupação veio após o Facebook solicitar que seus apoiadores fizessem isso de maneira pública, algumas pessoas que tiveram acesso ao pedido, disseram que o tom era de obrigatoriedade e isso não agradou nem um pouco seus apoiadores.

Apoiadores listados no site oficial do projeto. Visa e Martercard ainda estão listados lá.
Apoiadores listados no site oficial do projeto. Visa e Martercard ainda estão listados lá.

Me pergunto como só agora isso ocorreu, visto que o documento que saiu em junho, explicitava o projeto, as parcerias e todas as empresas que participavam. E, ainda, apesar da discordância, as empresas ainda permanecem no site sobre o projeto, você mesmo pode ver aqui.

Assim como o bitcoin e outras criptomoedas, a volatilidade existente, causa preocupação a quase todos, poucos escapam, falo dos que adquiriram as criptomoedas no início, quando seu valor não variava tanto e que hoje são multi milionárias.

A maior preocupação acaba ficando para quem quer entrar nesse mercado hoje, fazendo das criptomoedas, investimento.

Aqui no Brasil, por exemplo, vemos atualmente algumas empresas que comercializam o bitcoin, insistindo no método de rede multinível para se sustentar. Isso sim cabe investigação e grande preocupação, pois já vimos que redes baseadas em dinheiro por dinheiro só se sustentam enquanto pessoas aderem ao projeto, uma vez que isso para de acontecer, a tendência é que essas redes acabem.

De qualquer maneira, a real preocupação vai além da saída de parceiros, os olhos dos órgãos reguladores financeiros e do governo estão voltados para a Libra pelo simples fato de que o Facebook apesar de ser uma empresa gigante falha miseravelmente quando o assunto é privacidade e segurança de dados, como já vimos anteriormente.

Estamos falando aqui de criptomedas e estruturas de pagamento, logo, a falta de segurança e privacidade relatada ao longo dos últimos meses sempre envolvendo de alguma forma o Facebook, não permite deixar ninguém confortável com a empresa gerenciando nenhum tipo de moeda, seja virtual ou real.

Compartilhe com seus amigos:
Comentários:
Carregar comentários