Diferenças entre cabos ethernet CAT5E, CAT6, CAT7 e CAT8

Poucos sabem, mas a ethernet é uma arquitetura de interconexão para redes locais, que é baseada no envio de pacotes. Mas, para que o sinal seja enviado de forma eficiente, é necessário utilizar um cabo adequado. Descubra qual!

Por Internet Pular para comentários
Diferenças entre cabos ethernet CAT5E, CAT6, CAT7 e CAT8

Poucos sabem, mas a ethernet é uma arquitetura de interconexão para redes locais, que é baseada no envio de pacotes. Através dela são definidos o cabeamento e os sinais elétricos que são enviados em forma de pacotes e protocolos para a subcamada de controle de acesso ao meio (Media Acess Control - MAC). Mas, para que o sinal seja enviado de forma eficiente, com estabilidade e com boa capacidade de transferência, é necessário utilizar um cabo adequado.

Os cabos utilizados para transmitir a internet em nossas casas ou em empresas são chamados de cabos ethernet e há diferentes categorias de cabos, embora isso não seja visível para o leigo. A cada geração que surge, há um aumento na velocidade de transmissão de dados e no cancelamento de ruído eletromagnético.

Embora exista categorias abaixo do cabo ethernet CAT5E, só será descrito as categorias a partir deste, pois as outras classes já não são mais utilizadas atualmente.

Categoria 5E (CAT 5E)

O cabo de categoria CAT5E surgiu no ano de 2001 e é um aprimoramento da categoria CAT5, onde conseguiu-se uma interferência menor entre os fios, obtendo um sinal de melhor qualidade. Essa categoria de cabo é a mais comum e a mais utilizada nas instalações, devido ao seu baixo custo e maleabilidade.

Embora ele possua a teórica capacidade de chegar a uma velocidade de até 1000Mbps a uma frequência de 100MHz em uma distância de 100 metros, é algo muito difícil de acontecer devido à sua estrutura que é muito vulnerável a interferências eletromagnéticas. Ele possui somente 4 fios trançados sem blindagem alguma e nenhum distanciamento entre eles.

Categoria 6 (CAT6)

O cabo de ethernet CAT6 consegue suportar até 1Gbps a uma frequência de 250Mhz a uma distância de 100m. Enquanto o cabo de categoria 5E possui uma volta e meia a 2 voltas por cm, os de categoria 5 são enrolados com mais força e apresentam 2 ou mais voltas por cm (a quantidade de torções varia de acordo com o fabricante do cabo).

Os cabos CAT6 possuem uma grossura maior em comparação aos CAT5E, pois além da presença dos 4 pares de fios trançados, há uma estrutura de plástico em forma de "X" que divide os pares de fios. Esta estrutura divisora dos cabos, é responsável por dar uma maior durabilidade para o cabo, evitando que os fios se dobrem muito, e proporcionar uma interferência menor entre os fios. Porém, isso vem a um custo, uma certa perda de flexibilidade comparado aos cabos CAT5E.

A estrutura diferenciada do cabo CAT6 colabora para uma transmissão de dados mais estável, principalmente durante a utilização de serviços de streaming (Exemplo: Netflix), jogos (games) e chamadas de áudio e vídeo (Exemplo: Skype).

Categoria 6A (CAT6A)

Os cabos de categoria 6A são uma atualização da CAT6 e são capazes de atingir uma transmissão de 10Gbps a 500Mhz. Os cabos dessa categoria possuem um revestimento mais robusto tanto externamente quanto internamente, que proporciona uma redução no ruído do sinal. Entretanto, isso acaba tornando o cabo CAT6A sensivelmente mais grosso que o CAT6, diminuindo a sua flexibilidade e dificultando a instalação dependendo do local por onde irá passar.

Categoria 7 (CAT7)

A categoria 7 de cabos ethernet apesar de suportar uma transferência de 10bps a 600Mhz a uma distância de 100 metros, testes comprovaram que suas velocidades aumentaram consideravelmente quando testado com um comprimento de 50m, atingindo 40Gbps, e com 15m, atingindo incríveis 100Gbps. Isso ocorre devido a sua extrema atenuação do ruído eletromagnético, pois o cabo possui blindagem interna de alumínio e seus cada fio interno também possui blindagem (também de alumínio). Como a blindagem precisa ser aterrada, todos os cabos desta categoria possuem conectores de metal.

Cabo ethernet CAT7. Fonte: harting
Cabo ethernet CAT7. Fonte: harting

Provavelmente, ao ler sobre a estrutura dos cabos desta categoria, você já deve ter imaginado que ele é muito mais grosso que os de categoria 6A, além de possuir uma rigidez maior. Dependendo do local, não será possível instalar o cabo, por conta de seu diâmetro, que impede uma torção muito grande.

Caso o cabeamento passe perto fios condutores de eletricidade (15cm), essa é uma solução interessante, pois o cabo dificilmente será afetado, e ficando livre de interferências, será obtido um sinal de internet mais consistente, sem oscilações e com boa velocidade.

Categoria 8 (CAT8)

Os cabos de categoria 8 conseguem chegar perto do nível da fibra ótica em termos de velocidade de transmissão, conseguindo atingir até 40Gbps a 2000Mhz. A única barreira desta categoria é a distância, pois só é possível atingir essas velocidades e frequência em um comprimento de até 30 metros, ou seja, se você necessitar de uma distância maior do que essa para cobrir, é mais indicado ficar com os cabos CAT7.

Por que os pares de fios de cobre são torcidos?

Quando as linhas telefônicas surgiram, Alexander Graham Bell, inventor do telefone, foi a primeira pessoa a descobrir que ao torcer pares de fios de cobre há uma diminuição da interferência entre as linhas. A torção dos cabos nos postes reduziu a interferência eletromagnética e aumentou o alcance do sinal. Os cabos do tipo ethernet utilizam da mesma técnica para que seja possível atingir velocidades maiores com menos ruído.

Cabos blindados (FTP) vs cabos não blindados (UTP)

O par de fios de cobre trançados vem nos cabos ethernet com blindagem e sem. O cabo de cobre blindado possui uma malha de cobre trançada ao longo de todo o seu corpo e seus fios de cobre trançados são também blindados individualmente. Já o cabo sem blindagem, chamado de UTP, não possui utilização de alumínio em forma de folhas ou malhas para isolar a interferência eletromagnética.

Existem vários tipos de fios de cobre blindados. Para diferenciar basta observar a primeira letra, onde o "U" significa unshielded (sem blindagem), o "F" significa Foil Shielding (blindagem com folha de alumínio) e o "S" significa Braided Shielding (blindagem trançada com fios de alumínio). Já as letras seguintes, o TP, significam Twisted Pair (par trançado).

Códigos dos cabos:

TP: Twisted Pair (par trançado)

U: unshielded (sem blindagem)

F: Foil Shielding (blindagem com folha de alumínio)

S: Braided Shielding (blindagem trançada com fios de alumínio)

Tipos de cabos Ethernet

  • F/UTP- Foiled/Unshielded Twisted Pair: Possui uma blindagem de folha alumínio que envolve os quatro pares trançados (sem blindagem)

  • S/UTP- Braided Shielding/ Unshielded Twisted Pair: Este cabo possui uma blindagem de fios de alumínio trançados que envolvem os 4 pares de fios trançados (sem blindagem).

  • SF/UTP- Braided Shielding+Foil/Unshielded Twisted Pairs: Este modelo possui uma blindagem de folha de alumínio em volta de outra blindagem com fios de alumínio trançados que envolvem os 4 pares de fios trançados (sem blindagem).

  • S/FTP- Braided Shielding/Foiled Twisted Pair: Possui uma blindagem de fios trançados de alumínio com 4 pares de fios envoltos por uma folha de alumínio individualmente

  • F/FTP-Foiled/Foiled Twisted Pair: Possui uma blindagem de folha de alumínio que envolve 4 pares de fios envoltos por uma folha de alumínio individualmente

  • U/FTP-Unshielded/Foiled Twisted Pairs: O cabo possui somente os 4 pares de fios envoltos por folhas de alumínio individualmente

  • U/UTP-Unshielded/UnshieldedTwisted Pair: Nenhum revestimento de alumínio é utilizado para realizar a blindagem. Um exemplo de cabos assim são os CAT5E, CAT6 e CAT6A.

Qual a diferença entre o cabo ethernet solido e o trançado?

Estes termos se referem aos condutores dos cabos Ethernet. Os cabos de cobre trançados são compostos por vários cabos de cobre finos. Os condutores de cabo sólido são compostos por um único condutor de cabo de cobre espesso. Dito isso, é sabido que os cabos trançados possuem desempenho superior por ter menor interferência eletromagnética, conduzir melhor o sinal e acumular menos calor.

Fonte: Foto da capa (por Zephyris)

Compartilhe com seus amigos:
Comentários:
Carregar comentários