Huawei lançará serviço próprio de mapas em outubro

Huawei lançará serviço de mapas frente a sanções dos EUA de serviços tecnológicos americanos, como o Google Maps, já não mais permitido em seus dispositivos.

Por Huawei Pular para comentários

Frente a sanções dos Estados Unidos sobre a empresa, agora proibida de usar tecnologia americana em seus aparelhos sem a devida permissão governamental, ou seja, sequer Google Maps seus telefones podem usar dentro e fora dos EUA, a Huawei então trabalha no próprio serviço de mapeamento que deverá colher informações de pelo menos 150 países.

Logo Huawei

Da mesma forma como a Apple criou o Apple Maps, a Microsoft o Bing Maps, a Huawei também busca independência do sistema dominante entre os eletrônicos móveis que é o Google Maps. O novo serviço da empresa chinesa se chama Map Kit, mas não é efetivamente um aplicativo, mas um API para que se possa desenvolver aplicativos que usam dessa tecnologia de localização e mapeamento.

A empresa usará de suas bases de comunicação em mais de 160 países para estabilizar facilmente uma rede rápida.

Segundo Richard Yu, CEO da Huawei Consumer Business Group, o serviço é capaz de comportar sistemas de direção em realidade aumentada, mudança de faixa de carros e informações em tempo real de trânsito,

Inicialmente se esperam já dois parceiros internacionais no projeto da empresa chinesa, a Yandex, empresa Russa de serviços de internet e mapeamento e a Booking Holdings, site de viagens com base nos Estados Unidos.

O Map Kit da Huawei deverá comportar no mínimo 40 línguas, o que também deve aumentar sua popularidade mundial, segundo Zhang Pingan, presidente dos serviços de nuvem da empresa. O lançamento oficial do Map Kit está prevista para Outubro.

Compartilhe com seus amigos:
Bruno Ignacio de Lima
Bruno Ignacio de Lima Jornalista, gamer e geek. Louco por tecnologia. Redator de smartphones e novidades tecnológicas aqui no Oficina da Net
Quer conversar com o(a) Bruno, comente:
Carregar comentários
O que é mais importante em um smartphone?
Bateria(27,53%)
Câmera(11,00%)
Performance(56,66%)
Aparência(2,40%)
Tela(2,40%)