McIntosh lança amplificador valvulado para fones de ouvido! Conheça o MHA200!

McIntosh anuncia novo amplificador feito para fones de ouvido. Conheça um pouco sobre as características, desenvolvimento e preço do MHA200!

Amplificador valvulado McIntosh MHA200. Fonte: McIntosh Laboratory
Amplificador valvulado McIntosh MHA200. Fonte: McIntosh Laboratory

Todos que gostam de som devem ter se deparado alguma vez com algum produto da McIntosh Laboratory. Para quem não conhece, esta empresa norte-americana produz equipamentos de áudio de alta qualidade de forma artesanal que vão desde amplificadores de caixas de som High-End até sistemas de som automotivos. Fundada em 1949 por Frank McIntosh em nos EUA, a empresa está lançando hoje mais um novo produto, o amplificador valvulado para fones de ouvido MHA200 que, como já era de se esperar, afirma-se como um projeto capaz de tirar o máximo de praticamente qualquer fone de ouvido de acordo com seus desenvolvedores.

Caso você já tenha visto ao vivo, ou em alguma foto, um amplificador da McIntosh, deve ter percebido o quão grandes eles são. Porém, no caso do MHA200, percebe-se que é compacto perante seus irmãos maiores (amplificadores de caixas), mas sem perder a aparência clássica de um "McIntosh".

Amplificador valvulado McIntosh MHA200. Fonte: McIntosh Laboratory
Amplificador valvulado McIntosh MHA200. Fonte: McIntosh Laboratory

Como é o funcionamento das válvulas no amplificador MHA200

O novo amplificador valvulado de fones de ouvido da McIntosh utiliza pares de válvulas 12AT7 e 12BH7A. O primeiro par de tubos realiza a amplificação do sinal analógico recebido pelo amplificador enquanto o segundo par fornece a energia o suficiente para empurrar os fones de ouvido.

Válvulas (vacuum tubes) do amplificador valvulado McIntosh MHA200. Fonte: McIntosh Laboratory
Válvulas (vacuum tubes) do amplificador valvulado McIntosh MHA200. Fonte: McIntosh Laboratory

Tecnologias da McIntosh incorporadas

De acordo com a McIntosh, para conseguir o feito de "empurrar" qualquer fone de ouvido, a empresa adaptou diversas tecnologias desenvolvidas por seus engenheiros. Dentre as implementações estão os transformadores Unity Coupled Circuit, ponto chave dos produtos da companhia desde sua fundação em 1949, que ainda são encontrados até hoje em uma versão "Full" nos produtos da marca.

Transformadores Unity Coupled Circuit (blocos pretos) do amplificador valvulado McIntosh MC1502. Fonte: McIntosh Laboratory
Transformadores Unity Coupled Circuit (blocos pretos) do amplificador valvulado McIntosh MC1502. Fonte: McIntosh Laboratory

A McIntosh projetou os transformadores citados acima de maneira a combinar a seção valvulada do amplificado com o estágio de saída dos fones de ouvido, garantindo a transferência máxima da potência para obter uma grande carga. De forma resumida, a empresa afirma que os transformadores irão garantir que a potência total do MHA200 esteja disponível independentemente da impedância dos fones de ouvido.

Conexões disponíveis vão desde as SE até as balanceadas XLR

A necessidade de potência para os seus fones de ouvido não deve ser um problema para o MHA200. Ele possui uma conexão SE (single-ended) de 6,35mm (P10) e duas conexões XLR, uma dupla XLR de 3 pinus e uma única XLR de 4 pinos.

Conexões disponíveis no amplificador valvulado McIntosh MHA200. Fonte: McIntosh Laboratory
Conexões disponíveis no amplificador valvulado McIntosh MHA200. Fonte: McIntosh Laboratory

Lançamento e disponibilidade

O amplificador valvulado McIntosh MHA200 será vendido nos EUA a partir de março por US$2500. De acordo com a empresa, alguns meses depois, ela pretende disponibilizar para outros países, sendo o Reino Unido o 1º deles, com previsão para abril.

Traseira do amplificador valvulado McIntosh MHA200. Fonte: McIntosh Laboratory
Traseira do amplificador valvulado McIntosh MHA200. Fonte: McIntosh Laboratory

🔥O POCO F4 É MUITO BOM 👇

Comentários
Minha foto
Insira um comentário